segunda-feira, agosto 25, 2008

The Bunny Ranch

Aos Domingos, na SIC Radical, costumo ver The Bunny Ranch e cada vez acho mais piada aquilo. Já tinha visto uma reportagem na Tyra sobre a Air Force Amy (é a mais rentável e cota).
O que é o Bunny Ranch? É um bordel nos Estados Unidos, com 20 anos, com excelentes condições, bom ambiente (parece que estou a falar de uma fraternidade feminina!), onde existem mulheres para todos os gostos: gordas, magras, pretas, kinkies, sub, dommes, tudo...
Quando se toca à campainha, elas alinham-se todas e os clientes escolhem qual querem. Todos os quartos têm câmaras e no fim da hora marcada, a telefonista liga para o quarto a dizer que acabou.
isabellaGosto imenso de ver a desinibição delas a falarem,  principalmente desta menina porque é das que faz a coisa com mais gosto. Claro que algumas coisas podem ser para a televisão, mas não me parece que as gajas estejam ali obrigadas. Fodem e fodem com gosto! Ehehehehe!
Ontem mostrou um casal que levou lá a mulher para estar com uma delas: o homem ao vê-las juntas, bem disse que parecia um school-boy. Foi engraçado, sim senhor!

18 comentários:

  1. opá.... tenho visto isso e é brutal! ahahahaha... que templo tao belo. que bordel tao asseado. e o melhor disso tudo.... elas trabalham com gosto. as vezes ate têm mais gosto que os proprios clientes. que bonito!!! tambem vi esse casal. só pelo o que o homem ofereceu à esposa, merece uma vénia. Alguém que abra um Bunny Runch em Lisboa com vista para o Tejo. Já!

    ResponderEliminar
  2. Taberneiro: Que abram, sim. Sou a favor disso!

    ResponderEliminar
  3. Lol!! Também costumo ver isso!!! Acho especial graça ao cardápio que elas mostram aos clientes!!!

    ResponderEliminar
  4. Gata Hari: Eu não é pelo cardápio porque isso é igual em qualquer parte do mundo...é a maneira, o gosto que as gajas têm naquilo... :-)

    ResponderEliminar
  5. Certo, mas o cardápio em situações como esta...foi coisa que ainda não tinha visto!! LOL

    ResponderEliminar
  6. Nada contra, mas pessoalmente, pelo menos, não percebo que prazer se obtem em fazer sexo com alguém que sabemos à partida só o irá fazer se houver compensação monetária, préviamente estabelecida.
    Para mim é estarmo-nos a enganar a nós próprios e ao mesmo tempo uma certa falta de amor próprio, isto tudo do ponto de vista do cliente, claro.

    ResponderEliminar
  7. É verdade sim, grande bordel!!!! e esta menina é mesmo muito interessante de ouvir :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Pedro Almeida: Sexo é sexo, é um serviço (neste caso). E se as pessoas querem uma coisa bem feita, vão ao melhor sitio.

    Falta de amor próprio uma pessoa que paga para ter sexo? Nunca ouvi tal coisa e discordo a 100%. Cada pessoa tem os seus motivos e, na minha opinião, a falta de amor próprio não é uma delas. Em certos casos, há que procure por companhia e por carência, agora isso...

    Vais dizer então que só concebes sexo com amor...

    ResponderEliminar
  9. Apenas um gajo: Oh se dá...é uma menina interessante, sim senhora!

    ResponderEliminar
  10. Oh Dora tu vês isso em que canal afinal?
    ehehe é q eu nunca vejo nada disso, pah...tu manda sms qd for assim
    :)

    ResponderEliminar
  11. Bombocaa: Sic Radical. Domingo que vem vou estar na "casa nova" e só vou ter cabo na 2ª, por isso não vou ver. Mas de futuro quando der, mando-te uma sms.

    Ias gostar!

    Esta semana não, mas na semana anterior aquilo surtiu efeito em várias pessoas que o viram...em mim, inclusive. :-)

    ResponderEliminar
  12. Eu sou um bocado old school, mas para mim sexo com alguém que só pagando mesmo, tira-me o tesão todo.

    Não é preciso haver amor, mas tem que haver algum desejo e intimidade entre quem faz sexo.
    Se passa a ser apenas e só mais um serviço, como ir ao sapateiro, por exemplo, deixa de ser SEXO, passa a ser um mero serviço de índole sexual, ou coisa assim.

    Mas eu sou meio careta, penso assim.

    (mas não tenho nada contra a prostituição, é-me indiferente)

    ResponderEliminar
  13. Sessão Experimental: A ti a e todos :-)

    ResponderEliminar
  14. Este programa devia servir de bandeira para a liberalização das casas do género em Portugal...em que se vive ainda rodeado de grande hipocrisia em relação a este assunto.

    De resto está espectacular....a forma desinibida de como elas tratam os diversos assuntos...deixa-me sempre...hummm...alterado :D

    Bj

    ResponderEliminar
  15. Eu fartei de rir com um episódio que metia um jogo pelo meio, onde basicamente duas meninas disputavam árduamente pelo companheiro.

    Acho que no fim ficaram os três a ganhar. hehehe

    ResponderEliminar
  16. A menina da foto é sem dúvida a que tem mais pinta. As outras parecem-me demasiado gordas, o que tira grande parte da piada à coisa!

    ResponderEliminar
  17. à uns anos atrás existia ali para os lados de Coimbra uma casa que se chamava "as camélias" era tipo o rancho das coelhinhas mas em ponto mais pequeno muito agradável o ambiente gostava mesmo de lá ir no final dos jantares que tinha em Coimbra!

    ResponderEliminar