quarta-feira, junho 30, 2010

“Sou a inveja das bichas de Lisboa”

-28003333_CA967162-B341-4FEB-88DD-FECB0766BF67$$738d42d9-134c-4fbe-a85a-da00e83fdc20$$8ae0fde8-39ef-4ec8-b28f-880b24875332$$img_carrouselTopHomepage$$pt$$1

 

Só tenho uma coisa a dizer: este paneleiro do caralho mete-me ASCO! Peço desculpa pelas minhas palavras mas há anos que esta criatura quer aparecer: chegou a ir ao “Parabéns” vestido de mulher e uns anos mais tarde foi entrevistado na rua pelo “Bondage” e disse à boca cheia que fica “doida com as pernas do Simão”. Este palhaço é uma vergonha e são gajos como este que envergonham as pessoas que têm direito de casar.

Clickem nos links para verem os vídeos…

MILF…my ass!

994066the-family-guy-got-milf-poste
Ultimamente tenho andado a pensar que assim que vir um cabelo branco, entro em paranóia. Já tenho algumas amigas, todas da minha idade e já com alguns/bastantes cabelos branco. E realmente tenho andado a pensar nisto. Mas isto não é nada porque ontem chamaram-me a coisa mais…”velha” que se pode chamar a uma mulher. Chamaram-me MILF!!!
Foda-se! MILF?! Eu tenho 33 anos, feitos este ano, sou solteira e não tenho filhos! Confesso que fiquei sem resposta…
Mas pronto, no meio disto disto, acho que prefito “MILF”, a “Soccer Mum” ou a “Cougar”! Cum caraças…este mundo está perdido. Os cachopos andam doidos quando pensam que uma gaja de 30 e picos anos já é uma “trintona” e pior, uma…MILF!
Para quem não entende as expressões, o mais fácil é “googlá-las” :-)

The-41-Year-Old-Virgin-Who-Knocked-Up-Sarah-Marshall-and-Felt-Superbad-About-It vs Sex Positive (doc)

The-41-Year-Old-Virgin-Who-Knocked-Up-Sarah-Marshall-and-Felt-Superbad-About-It-(Original-Motion-Picture-Soundtrack)-by-_xGplMYDgA_Ux_full
Este filme é estúpido, muito estúpido mesmo, mas fartei-me de rir e curti imenso! E se há pessoa esquisita com as comédias, sou eu… É a mesma onda do “Scary Movie” porque goza com imensas comédias da actualidade, nomeadamente o “Virgem aos 40”, o “Knocked Up”, o “Forgetting Sarah Marshall”, o “Superbad” e o “Twilight”. Goza também com o Seth Rogen, Michael Cera, Jonah Hill e Steve Carell. Certamente é um filme que não reúne muito consenso por ser tão parvo, mas eu vi-o até ao fim e diverti-me com o humor. O que vos posso aconselhar é verem 10mns do filme e apercebem-se logo se é a vossa onda de humor ou não…
SEX POSITIVE_OneSheet.MECH
Este documentário é relatado por Richard Berkowitch e retrata o aparecimento da SIDA, especial em NY, no final dos anos 70. Na primeira pessoa conta os seus relatos como prostituto de S&M e depois activista na luta contra a doença. Homofóbicos abstenham-se de ver este doc; não vão gostar. Para o resto das pessoas é um documentário interessante embora fale de coisas que na maioria já nos é conhecida de há uns anos para cá. Mas mesmo assim é interessante ver.

terça-feira, junho 29, 2010

Não posso morrer sem saber que #19

october26

6 coisas que não se sabem sobre mim

Dora-the-explorer-large (1)

A Julie lançou-me um desafio original. Um desafio que nunca percorreu a blogosfera…o que faz de nós as duas pioneiras, ao respondermos….Eeheheh! Consiste em confessar 6 coisas que não se sabem sobre mim. Aqui vão:

  • Andei três anos no 8º ano…estava difícil!
  • Do meu grupo de amigas ou mulheres com quem me dou, sou a que tem os pés maiores: tenho um pé delicado e macio,tamanho 41, sem um único calo (tenho 2 pares de sapatos altos muito fixes mas não sei andar neles). Tenho mãos de pianista…
  • Sou completamente viciada em cinema. Desde miúda que é a coisa que mais gosto de fazer (bem, em exequo, pronto). Troco um dia de praia por uma tarde a ver filmes. Não tem comparação possível. Sou incapaz de me envolver com uma pessoa que não perceba minimamente de cinema. É turn-off. Mas também já me aconteceu, ter uma relação com um cinéfilo e passarmos mais tempo na sala, do que no quarto. Not good!
  • Não compro um cd áudio original desde 1999. Não é preciso dizer mais nada…
  • Não consigo andar mais de 1 ano com o mesmo telemóvel. Quando arranjo/compro um novo, sou capaz de estar horas a artilhar o telemóvel ao meu gosto. Já perdi a conta aos telemóveis que já tive. Devem ser as minhas “malas de gaja”.
  • Já furei as orelhas 11 vezes e tenho 4 tattoos. Actualmente só uso 6 brincos e fiz a minha primeira tattoo aos 19 anos. Queria fazer um “Tweety” e felizmente o tatuador, recusou-se. As vezes que já lhe agradeci! Para o mês que vem vou fazer outra.

Perdoem-me as meninas mas vou desafiar os gajos. Não me venham cá com frescuras que isso são coisas de mulher e cheguem-se à frente!

  • MRPereira, Nasp, Jackie Brown, Rei da Lã, Valmont e Ulisses – go for it!

Salsa, é uma boa oportunidade para fazeres um blog porque queria que fizesses este desafio…cum catano!

     

segunda-feira, junho 28, 2010

Novas Séries

Como já tinha referido noutro post, quase todas as séries que via terminaram. Estrearam agora 3 séries novas que vou seguir:
pretty_little_liars
Série típica de gaja e muito na onda do “Gossip Girl”. Não tem nada a ver mas tem, ou seja, quem via o “Gossip Girl”, gostará desta (boa explicação, hein?) “A série fala de 5 amigas. Durante uma pequena festa Alison DiLaurentis desaparece sem deixar rasto. Passado um ano, as amigas voltam a encontrar-se ainda sem saber o que aconteceu a Alison. Começam a receber mensagens de segredos, que apenas Alison podia saber, todas elas assinadas por «-A». As amigas pensam que ela voltou, mas esta é encontrada morta.”
thegates
Esta foi uma surpresa. Na minha opinião é um misto de “Twilight”, com “Desperate Housewives” (por causa da pequena comunidade de classe média alta) e “True Blood”. Quem segue o “True Blood”, facilmente gostará desta série. “A família Monohan muda-se para The Gates, uma comunidade exclusiva mas as coisas começam a complicar-se, quando Nick Monohan, o novo chefe de polícia, tem que investigar os vizinhos no caso de pessoas desaparecidas. Dylan Radcliff e Claire lutam para esconder não só o seu envolvimento no caso do Nick, mas o seu segredo familiar bastante incomum.”
31456ko
Esta foi aconselhada por um amigo e também gostei. Apenas vi o primeiro episódio e estou curiosa… “Scoundrels é uma “dramédia” que é focada em uma família de criminosos que tentam entrar na linha após o pai ser mandado para a prisão. Virginia Madsen interpretará Cheryl West, a mãe que necessita tomar o controle e manter os filhos no caminho certo. Cheryl, vê-se obrigada a assumir a responsabilidade da família, e a lutar para que seus filhos mudem o rumo das suas vidas, deixado os crimes de lado para trabalhar em empregos honestos. Porém, a missão de Cheryl será complicada, já que nenhum de seus três herdeiros pretende mudar de vida.”
nurse_jackie_poster
Esta foi uma surpresa deliciosa: começo a ver  como são epsiódios pequenos, já vou na 2ª Season. Gosto mesmo muito! É uma fantástica comédia que recorre a um humor quase negro e sarcástico. A fantástica prestação de Edie Falco deu-lhe já a alcunha da seguidora do Dr. House, pois têm muita coisa em comum: ambas as séries têm como protagonista um profissional de saúde, neste caso uma enfermeira, viciados em Vicodin e conhecidos por seu humor pouco contagiante.
1Sheet_Master.qxd
Esta acabei-a há uns dias…ainda não li nada sobre isso mas devem fazer a 2ª season. “Alicia, esposa de Peter (Chris Noth), um político que se envolve num escândalo sexual e acaba preso. Com isso, ela precisa de assumir total responsabilidade sobre a família e enfrenta o desafio de voltar a ser advogada após 13 anos sem exercer.”
Resolvi fazer este post porque já li em vários blogs que anda tudo “às aranhas” com o final das séries mais conhecidas. Estas são as que vejo e compreendo que este género não agrade a muita gente mas são apenas dicas…

Não posso morrer sem saber que #18

june27

Ai essas mentes!

27575_300
Esta publicidade está a suscitar alguma polémica na Alemanha…alguém me diz porquê? :-)
Isto nos anos 80 lá poderia acontecer!
A publicidade quando tem um segundo sentido é porque foi bem conseguida, mas neste caso, o criativo saiu-se bem melhor do que aquilo que esperava!

sábado, junho 26, 2010

Não posso morrer sem saber que #18

tumblr_l4hmpeuU2i1qzw0uno1_500

Uau! Vou apanhar a bela sozinha até às tantas…!

Sheila_Sleep_by_KamikasiNEO
Andei a semana toda a pensar na sangria que nova que descobri. Tive uma semana complicada e queria chegar à 6ª feira e bebericá-la bem fresquinha…Cheguei a casa por volta das 22:30 e regalei-me com 3 copos…soube-me tão bem. O corpo começou a relaxar e a ficar mais leve à medida que esperava pelo “5 para a Meia Noite”. Resultado: eram 23.40 e já estava a dormitar no sofá. Levantei-me e fui para a cama onde dormi até às 9.30.
Quer dizer, a pessoa faz planos para beber copos sozinha e estar acordada até tarde e nem à meia-noite cheguei. É vergonhoso. Sou uma sombra do que era. Pffffffffff!

quinta-feira, junho 24, 2010

Brooklyn’s Finest vs The Exam

brooklyns_finest_ver3
Este filme estreia hoje mas já o vi há uns meses. Acho que desde essa altura que não vejo um filme tão bom. São daqueles que apanhamos de tempos a tempos. O excelente argumento resume-se em: NY PD, corrupção, ganância e acasos da vida…Fico-me por aqui. Aconselho-vos a verem MESMO este filme. O elenco é muito bom: Richard Gere, Don Cheadle, Ethan Hawke, Wesley Snipes e Ellen Barkin.
exam%20movie%20poster
8 candidatos têm 8 minutos para fianlizarem um exame que lhes dá o emprego de sonho. Apenas têm de responder a uma pergunta, mas o problema é esse mesmo “Qual é a pergunta?”. É uma mistura de “Saw”, de “O Cubo” e do programa do Donald Trump, “The Aprentice”. Deixou-me curiosa e gostei do filme. O final é que achei um pouco confuso…

A primeira casa de alterne para orientais – em Lx

amante%201 
De dia, os caracteres chineses na porta 253 da Rua da Palma, Lisboa, e as malas expostas na vitrina parecem de uma loja de produtos chineses. À noite, tudo desaparece. A escadaria decorada com vasos asiáticos conduz a um palacete colorido e iluminado por luz fluorescente. Há várias salas privadas com sistema de karaoke, jogos e confortáveis sofás. É a primeira casa de alterne oriental desmantelada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).
 
Já passava da 01.00 quando os inspectores do SEF subiram a escadaria do palacete, com janelas tapadas, como se de um edifício abandonado se tratasse. No primeiro "privado", uma dezena de homens e mulheres bebiam, comiam e consumiam droga. O mais novo, na casa dos 20 anos, deixara à porta um carro Maseratti. Nenhum ofereceu resistência, mas poucos falaram português. No total, foram identificados 17 cidadãos, todos devidamente documentados. Numa das salas foi encontrada droga semelhante à cocaína: uma droga sintética produzida pelos chineses cujos componentes não são puníveis em Portugal. Enquanto esta equipa identificava a comunidade oriental, uma equipa de fiscalização entrou nas casas de strip Hipopótamo, Vip e Templo em Lisboa. Seguiu-se o "Armazém", em Santa Iria de Azoia.
 
Eram 03.00, e onze mulheres de vestidos reduzidos bebiam um copo quando o SEF entrou. "Que vergonha, vou ser mandada para o Brasil? Trabalho num 'chinoca', mas não tenho contrato ", gritava a loura de vestido preto. O dono garantiu nada ter que ver com ela. Mas, no bar, havia um vestiário para as "meninas". Nestes quatros bares, 12 mulheres foram notificadas para abandonar o País e uma foi expulsa. Os donos dos bares foram multados.”

Não posso morrer sem saber que #16

march20

quarta-feira, junho 23, 2010

The REAL L World

trlw
“O canal americano Showtime acaba de divulgar o elenco do reality show “The Real L Word”, inspirado na famosa série “The L Word”. Com estreia prevista para o dia 20 de Junho nos Estados Unidos, o programa acompanha o quotidiano de seis Lésbicas em Los Angeles. As participantes têm idades que variam de 27 a 37 anos e, entre elas, há uma executiva de televisão, uma artista de efeitos especiais de Hollywood e uma conhecida escritora.”
Há 4 anos atrás descobri o “The L Word” e foi o primeiro post que fiz neste blog. Ontem vi o primeiro episódio deste reality show que mostra o dia a dia de um grupo de mulheres. Homens, isto não é série para vocês; em nenhuma altura verão gajas com portentosos pares de mamas, a comerem-se… Aliás, está lá uma gaja, mais “macha” que se calhar alguns de vocês! Ehehehe!
Acho que só gostará de acompanhar este programa, quem seguia a série. Eu gostei.

True Blood – Season 4

smxcao
Já está confirmada!

Os nossos segredos…no cinema

walken2
Todos temos os nossos podres. Todos temos os nossos segredos. Todos nós fazemos “filmes”.
Desafio: Pensem num filme/série em que ao vê-lo, pensaram “Foda-se, eu faria isto se ninguém viesse a saber…”. Exemplo:  
  • No “8mm” com o Nicholas Cage, eu era gajo para ir àquelas caves obscuras e comprar o porno mais macabro lá existente.
  • No “American Beauty” quis tanto ser o gajo que manda o patrão à fava e manda tudo à merda.
  • Sempre quis ser a Thelma (Thelma & Louise) e dar um tiro nos cornos a alguém.

segunda-feira, junho 21, 2010

Como ficar sem um testículo

Im-Here-About-the-Blow-Job-Magnet-C11750066

“Joe Cooper é o nome do corajoso que fez uma aposta com os amigos num pub. O jovem de 24 anos e os seus amigos fizeram uma sessão de depilação para angariarem dinheiro para instituições solidárias.

Enquanto alguns depilavam o peito, o jovem decidiu fazer depilação nas virilhas - ‘brasilian wax’. Este tipo de depilação implica a retirada total dos pêlos. «Deitei-me, fechei os olhos e depois só me lembro de ter sentido muita dor e de estar a sangrar» disse o jovem. Joe Cooper arrancou seis das sete camadas da pele e quase ficou sem um testículo. O jovem foi levado para o hospital onde foi tratado.

A solidariedade quase lhe custou um testículo, mas reverteu 3 600 libras.”

Não posso morrer sem saber que #14

april14a

Guess who?

26809_300

domingo, junho 20, 2010

Tentei ver…

Existem certos actores ou certos realizadores que nem me interessa saber do que trata o filme. Vejo porque sei que vou gostar. Depois existem aqueles que me parecem interessantes pelo argumento ou porque são com algum actor de quem goste. É o caso destes 3 filmes que tentei ver nos últimos dias mas desisti porque, cada um pelas suas razões, não me conseguiram prender…se nos primeiros 20/30 minutos não estiver empolgada com o filme, desisto…
AM:TP final
Comecei a vê-lo porque li bastantes comentários positivos nalguns blogs e arrisquei. Desisti porque achei-o lamechas demais e a ideia de viajar no tempo também não é assunto que me diga muito.
cold_souls
É um filme igual a muitos com o argumento do Charlie Kaufman. Como adoro o “Being John Malkovitch” e gostei do “Synecdoche, New York” e do “Adaptation”, arrisquei…Pareceu-me a mesma onda do “Eternal Sunshine of the Spotless Mind”, mas depois achei-o muito enfadonho o e parei. A história de um homem, Paul Giamatti que faz dele próprio e que vai a uma empresa onde ficam com as almas das pessoas…
hot_tub_time_machine
Desde que vi o “Class” nos anos 80, que fiquei fan do John Cusack. Desde o “Alta Fidelidade”, ao “Being John Malkovich” e ao “Con Air”, vejo tudo…Este foi uma grande banhada. História de 4 amigos na casa dos 40 que tentam reviver o que viveram quando tinha 20 anos…

Noite das gajas – umas a meio gás e outras com a pica toda

Girl_Talk_by_xeena_dragonkizz
Fui jantar a casa de uma amiga. Éramos 5 e correu bem: falámos dos gajos, dos vernizes, das pinturas, das quecas, da qualidade do vinho e da sangria, de tudo…Resultado: as que estão divorciadas foram para a disco e as solteiras vieram para casa porque estavam cheias de sono e não têm pachorra para discotecas (eu incluída). Será que isto quer dizer alguma coisa? Não era suposto ser ao contrário? Ehehehe!
O meu ponto de vista é que as que foram casadas estão agora a fazer o que nunca fizeram e as solteiras já se fartaram porque já o fizeram vezes demais.
Nota curiosa: uma destas divorciadas ficou admirada quando lhe disse que sabia o nome de todas as pessoas com quem já fui para a cama…(não era suposto?) - “E até te digo mais: sei o nome, idade e o que fazem profissionalmente” (isto dito com ironia). Ela ficou admirada… – WTF?!

sábado, junho 19, 2010

Tricot à tarde

PICT0034
Hoje vou passar a tarde a adiantar a minha manta…aos bocadinhos lá está a ir. Está um bocado trapalhona mas a piada é essa mesmo: fazer como sei. Para que me vai servir? Nada de especial. Se calhar vou acabar por deixa-la ficar em cima deste sofá que até faz pendant com a parede….

Não posso morrer sem saber que #13

Nov19

sexta-feira, junho 18, 2010

Lady Gaga – concerto caseiro

26588_300
Para quem não é fan de apertos, confusões, calor e concertos, tem aqui a resposta às suas preces: Lady Gaga em casa! Cheira-me é que exceda o preço do bilhete, mas pronto…acaba por compensar pelo conforto de lar.
Reparem na subtileza da brilhante frase: ”She loves it when you Poke-Her Face!”

Let’s play “Guess the movie”!

26489_300

quinta-feira, junho 17, 2010

Celeeeeeeeeeeeebritiiiiiiiiiiiiiiiiiiiies!!!

Já foi aqui demonstrado o meu amor incondicional pela Oprah e a minha falta de vergonha em admiti-lo.
Encontrei este vídeo giríssimo, super engraçado! Obrigatório vê-lo com som, senão não vale a pena…

Nada é o que parece…

25822_300
Em relação ao post anterior (parece que ando a fazer posts em cadeia…), tudo se resume a: cada um de nós tem um “alter-egosito” sexual e nunca somos o que parecemos. Aquele totó que vai no metro e que parece que não parte um prato, se calhar tem roupa feminina por baixo, a nossa patroa que é uma besta, é bem capaz de ser submissa na cama, o nosso primo que é o garanhão do grupo, é capaz de ter uma disfunção sexual que só o levanta se o bezuntar com leite condensado…
E pronto, acabaram-se os posts sobre as relações homem-mulher. Aqui a Dra Phill as left the building… :-)

Não posso morrer sem saber que #12

april15

quarta-feira, junho 16, 2010

As Mulheres só fazem amor e devagarinho…

peter_and_lois
Ainda em relação ao post anterior…apesar de eu ter dito que as mulheres são umas chatas, também acho que as mulheres é que mandam. É indiscutível. Desde a escolha da cor dos cortinados, às saídas fora e, principalmente ao sexo: women rule!
Eu acho piada aos homens que se queixam, “ai a minha mulher e tal,  não faz isto e aquilo na cama…ela não gosta…”. De quem é a culpa? Deles! Como é que querem que a mulher se “abra” se as vêem como santas? Essa coisa nunca me entrou na cabeça…
 
Este fim-de-semana estive num grupo de amigos onde um deles diz: “O meu sonho é estar com duas mulheres mas estou à espera que a minha relação acabe para o poder fazer. Sou incapaz de o fazer com a minha namorada.” Mas o que é isto? Com a namorada não se fode, só se faz amor? Depois queixa-se que ela não liga muito ao sexo…pudera…
 
Uma amiga minha falou ao namorado de comprarem um dildo ou um vibrador. Ele sai-se com a já tão famosa frase: “Porquê? Eu não te chego?”. Sem comentários…
 
Isto é a minha opinião e posso ser a única a pensar assim mas realmente acho que a maior parte da culpa é dos parceiros que não puxam mesmo por elas…Preferem ficar em casa a ver o belo do site porno e a babar com as mamas da vizinha do 2º esquerdo, quando se calhar têm uma potencial “leoa” em casa, que apenas precisa de um “empurrãosinho”…
 
Uma pergunta: a fantasia mais recorrente num homem é estar com duas mulheres. É super bem aceite na sociedade. Porque é que uma mulher ao demonstrar vontade de estar com dois homens, é o que é…?

The Runaways vs Fish Tank

RUNOS_Festival1-Sheet_27x40.indd runaways_ver2
É a história de Cherie Curry (Dakota Fanning) e de Joan Jett (da banda Joan Jett &the Heartbreaks) (Kristen Stewart) nos anos 70 e como a banda se formou. O que é que aprendemos de curioso neste filme? Como uma mulher se deve masturbar. E até mostram o truquesinho do chuveiro…
Muitos dos temas são cantados por elas, mas a personagem que mais gostei é mesmo o manager, Michael Shannon, que tem a melhor citação do filme: “Men want women in the kitchen or on their knees…”. Fez-me um bocado confusão em ver a Dakota que já está uma mulherzinha…longe vão os tempos do “I am Sam”. A Kristen continua igual a si própria: esquisita e introvertida. Uma curiosidade: afirmou que é bem mais fácil beijar a Dakota Fanning do que o Robert “Edward” Pattinson e o Taylor “Jacob” Lautner. Para quem gosta do puro rock n roll da altura, é um filme que se vê bem mas não é nada de especial…
fish-tank.indd fish_tank_ver5
O cenário passa-se num bairro social em Inglaterra e Mia (Katie Jarvis) tem 15 anos e dá-se mal com tudo e todos. Anda sempre à briga e a meter-se em sarilhos. O seu único refúgio é ouvir música e dançar hip-hop. A mãe é uma “grandessissima vaca” e trata a filha como lixo (tipo a versão branca do “Precious”! Eheheheh!). O namorado da mãe vai enrolar-se com Mia, and so on and so on…
Este filme ganhou vários prémios e a critica em geral tem sido muito boa. Eu pessoalmente, achei-o um “filme simpático”, mas o melhor é sem dúvida a interpretação de Katie Jarvis.

terça-feira, junho 15, 2010

Mulheres – as eternas insatisfeitas?

Disney%27s Desesperate Housewives
Embora seja mulher, concordo com a frase “as mulheres são umas chatas”. É verdade, nós não sabemos o que queremos e se um homem não acerta naquilo que queremos (que ao fim ao cabo nem nós sabemos o que é), ficamos possessas! Acho que posso afirmar que não conheço um gajo que se esteja constantemente a queixar como a maioria das mulheres que conheço (myself included!).
Se nos pedirem uma lista de qualidades que pretendemos num homem…ui, no mínimo umas dez. Os homens só querem 3 coisas: que seja boa na cama, boa dona-de-casa e que seja boa na cama! Porque é que não nos contentamos só com isto? Convenço-me que era tudo mais fácil…!

Não posso morrer sem saber que #11

14JUNE_internet

segunda-feira, junho 14, 2010

Facebook vs Blogger

_
Quando no inicio abri conta no Facebook até achava piada aquilo. Era giro ter meia dúzia de amigos e cada um ir postando umas coisitas: uns vídeos, umas piadolas, umas fotos. No inicio era assim..
Depois comecei a aceitar mais pessoal e ao mesmo tempo a ficar sem vontade de mostrar que filmes gosto ou o que me faz rir porque toda a gente lia. Começou a aparecer a mania do Farmville mas nunca me contagiei. Nesta altura bloqueava as entradas de todas as pessoas que jogavam porque só apareciam coisas relacionadas com a quinta. De seguida, apaguei as entradas de todas as pessoas que nunca escreviam nada.
Já andava a pensar cá para comigo que andava com vontade de cancelar a conta e ontem, ao ver uma reportagem da SIC, houve um jornalista que disse uma pequena frase que me deixou a pensar: “Na internet a privacidade está por defeito e escolhemos o que queremos partilhar; no Facebook, tudo está partilhado, a falta de privacidade está por defeito. Aí, somos nós que temos de escolher o que queremos ocultar…”
Não critico e não sou contra nenhuma rede social. Ando na net há 15 anos e não me considero minimamente “infor-excluída” (fica sempre bem o uso desta palavra! Ehehehe!) Também passei pelos tempos áureos do Hi5. Mas neste caso, o Facebook deixou de ter qualquer tipo de interesse, pelo menos para mim.
Hoje de manhã, tinha um mail de um amigo que me dizia que eu devia de estar com um problema no FB, pois mandei-lhe “links manhosos”. Não perdi mais tempo e cancelei a conta e qual não foi o meu espanto quando ao final do dia recebo o seguinte mail: “
Olá Dora,
A conta do Facebook associada ao endereço … foi recentemente reactivada.
Se não foste tu quem reactivou esta conta, visita o nosso Centro de Ajuda (http://www.facebook.com/help/?topic=security).
Obrigado,
A equipa do Facebook”
Claro que não fui eu…se a tinha acabado de cancelar!!
Prefiro os blogs. Obviamente que são coisas diferentes mas a maioria das pessoas anda no FB para ler o que se passa com os outros, o que é que os outros andam a fazer…É por este motivo que prefiro seguir variados blogs e comentá-los.

Isto sim é uma coisa útil!

26075_300

Lembro-me de ser miúda e a minha mãe andar com um papelinho no anel para se lembrar de certos afazeres. Também já vi pessoas com cruzes na mão, como forma de lembrete.

Parou tudo! Acabei de descobrir a coisa mais parva para apontar recados e não nos esquecermos…

(Quem é que se lembra de inventar estas merdas?!)

domingo, junho 13, 2010

Séries

gossip-girl1 1132

Acabaram-se mais duas das séries que gosto de ver: Gossip Girl e Glee. Se calhar são series para teenagers, mas eu gosto muito. Todas as outras já tinham acabado e só me faltavam ver os últimos episódios destas. Durante a época de Verão, as séries vão todas de férias e resta esperar. As boas notícias são: descobri uma nova que se chama Hawthorne, com a Jada Pinket Smith (sobre hospitais…original!) e hoje à noite começa a Season 3 do True Blood!

12446586