terça-feira, agosto 31, 2010

Não posso morrer sem saber que #35

jan17_web

( . ) ( . )

2

Será tão anormal assim  mulheres gostarem de apreciar mamas de gajas?

Sei que não sou a única. Existem pelos menos mais dois casos aqui na blogosfera (uma delas é minha amiga pessoal) que concorda comigo: gostarmos de mamas não nos faz ser “lambedoras de carpetes”.

Atenção que as gajas-que-não-são-fufas-mas-que-curtem-mamas não gostam de silicones. Gostamos de “big naturals”, sem qualquer ponta de plástico! Tenho dito.

Movie Quotes

FFB_lado_A
“O amor dá-me tesão.”
Manel Cruz – “Foge, Foge, Bandido”

sábado, agosto 28, 2010

quinta-feira, agosto 26, 2010

A Revolta dos Queques e dos Bolos de Arroz

29435_540 

Alguém me explica que raio é esta moda dos “Cup Cakes” e dos “Muffins”? É por outro lado! Está na moda gostar de destas “modernices” só porque a Carrie Bradshaw e as suas amigas gostam? Eu sou super fan de “Sex in the City” e nem um provei. Curiosidade? Zero. Contento-me com os Queques e os Bolos de Arroz.

Também está na moda juntar um grupo de amigos e montar uma loja destas. Diz que fazem uma fortuna.

É isso e outro negócio que achei estúpido mas ao mesmo tempo pensei: “Estas cabras é que sabem!” Consta no seguinte: as proprietárias (presumo que sejam dondocas porque na reportagem estavam numa vivenda com piscina) têm imensas malas fashion, de costureiros famosos e como têm muitas, do que é que se lembraram? Alugar. Alugam as malas aos dias, semanas e meses. Exemplo: eu quero uma mala da Prada, não tenho dinheiro para a comprar, vou ao site delas e alugo a mala que quero, pelo tempo que quiser. Tudo à distância de um click e de uma transferência bancária – neste caso, recordo-me que uma mala Prada são 250€/mês.

E donde veio esta ideia tão brilhante e original? “Sex and the City”!

A little spanking harms no one…

tumblr_ks495vWVrn1qzlro6o1_400

terça-feira, agosto 24, 2010

“Repo Men”

 repomen-poster imagesCA51WNTR

imagesCAYD2ABK

Bom, bom, bom, bom!

Acho que foi o 2º filme a mandar para a ficção cientifica que gostei! Este filme é espectacular e aconselho-vos vivamente a verem-no. O argumento, embora passado num futuro próximo, acaba por ser uma realidade (quem sabe?). Impecável!

Argumento: A acção decorre num futuro próximo, onde órgãos artificiais podem ser comprados por crédito. Remy (Jude Law) e Jake (Forest Whitaker) são ambos “RepoMen” – empregados de uma empresa cuja função é a recuperação de órgões que não puderam ser pagos. Tudo muda quando Remy sofre um enfarte e o seu coração é substituído por um artificial. Remy não tem dinheiro para acabar de pagar o seu coração artificial e agora vê-se perseguido pelo seu antigo parceiro.

Curiosidades: Leo DiCaprio foi falado para o filme mas acabou por desistir.

Playstation – a “outra”?

28922_300

Qual é a sensação de ter o nosso homem sempre agarrado à Playstation? Não sei. Nunca tive. Devo ter queda para homens com queda para outro tipo de aparelhos porque um desses nunca me calhou na rifa.

Já ouvi relatos de mulheres a queixarem-se: “Ai miga, o meu gajo está na horas na PS. Eu não me importo porque assim vejo as minhas novelas sossegada.”

Não vejo mal nisto. É bom termos um bocadinho para nós próprios, nem que seja a ver as novelas ou o que quer que seja. O que eu não acho normal são relatos de gajos que descuram o seu cumprimento de maridos/namorados para estarem de volta da maquineta… A maquineta tem mamas? Não me parece. A maquineta quem c***? Também não. Então o que é que se passa? Por muito que goste de cinema, a tv tem um botão milagroso que se chama “pause” e, meus amigos, uma queca é uma queca. Aliás, o filme depois até sabe melhor num estado muito mais relaxado. E sou capaz de prever que o maldito jogo de PS também…

Tenho para mim que as maratonas de PS estão para os homens da nossa geração, como as maratonas de automobilismo para os nossos pais. Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades..literalmente.

segunda-feira, agosto 23, 2010

A minha perdição

Dora332
King Mob, acedi ao teu pedido :-)

O Meu Maior Vício

1

Este post é para o pessoal cinéfilo.

No Sábado à noite estive das 22.30 às 03.30 a re-organizar a minha colecção de dvds originais. É certo que há meses que não compro nada, mas fui dar-lhes uma arrumação mais completa. Eles já se encontram separados por actores, mas mesmo assim, fui checkar um a um se estavam no blog e adicionar uns poucos que me faltavam.

Podem visitar o meu blogsito que serve como base de dados. Aqui no “Six Feet” continuo a escrever sobre cinema. Aquele serve só para saber o que tenho. Estão separados por géneros com as tags de lado. Se quiserem procuram se alguns dos vossos filmes preferidos lá encontram e comentarem-no, eu agradeço!

Eu gabo a minha paciência para estas coisas. Teria sido capaz de o fazer até de manhã…Agora peçam-me para limpar a casa mais de 2h que eu já bufo por todo o lado.

sexta-feira, agosto 20, 2010

Bom fim-de-semana!

0,1020,835482,00

6ª feira à noite no massagista

PopPillows_DesignYouTrust

Ontem fiz uma cura de sono e deitei-me antes das 22.30. Gosto de o fazer uma vez por semana para repor as pouca shoras que durmo e as que não durmo ao fim de semana.

Ando toda manca dum ombro porque devo ter dado um mau jeito ao ombro e logo ao final do dia vou a um massagista a ver se isto vao ao sitio. Dói-me, fico mais cansada e ando a dormir mal. Virar o pescoço para tirar o carro do quintal ou dirigir-me a alguém tem sido uma odisseia.

A idade não perdoa!

quarta-feira, agosto 18, 2010

O meu ódio de estimação


exercise-cartoon
Eu gabo as pessoas que gostam de fazer desporto. Eu gabo a paciência das pessoas que vejo ao final do dia a darem o seu belo passeio!

Sempre detestei desporto…era a primeira disciplina a onde “ficava” tapada por faltas; aquilo era um suplicio. Há uns anos ainda fui umas vezes ao ginásio. Começava com a pica toda mas depois desmotivava, mesmo vendo resultados.

Vou agora dar um passeio a pé a ouvir música porque estou com a pica toda. Motivo: Vi ontem o “The Biggest Loser” e estou “carregadinha” de motivação (Sou mesmo parva, eu sei!). Até estou a pensar em ir ali à Decathlon e comprar um colchãosito panelierote para fazer uns exercícios que vi aqui no you tube.
Ginásio não vou porque não tenho tempo e gosto pouco que me vejam toda vermelha e a bufar por todo o lado!

Movie Posters #10

32434_540

terça-feira, agosto 17, 2010

Super Heroes Decadence

32410_300

Sai um café! (que sacrifício!)

29685_300
Hoje custou-me tanto a acordar que quando tocou o despertador pensei: “O que é isto?!” Acordo sempre antes da hora e hoje sabia-me tão bem ficar em casa e a dormir mais…

Sempre que meto na cabeça que tenho de me deitar mais cedo pela menos uma vez por semana, arranjo sempre merdas sem jeito para fazer. Ao fim-de-semana não consigo estar muito tempo na cama. Acordo e levanto-me, não sou capaz de ficar à espera se volto a adormecer ou não.

Cheguei tão mole ao trabalho que tive de ir fazer um “café das velhas” – aqueci água no micro-ondas e zuca de pôr café solúvel lá para dentro. Um pacote de açúcar para atenuar o sabor a café que detesto!
Mas acho que não me fez nada…estou mole na mesma.

Alegrou-me mais o gajo que veio entregar a água e me gabou a T-Shirt. Ao despedir-se disse-me: “Family Guy forever!”

segunda-feira, agosto 16, 2010

Não posso morrer sem saber que #32

16august_internet

“Solitary Man” vs “Just Wright”

 2409f_Solitary_Man_keyart_REV.indd solitary_man_poster_01

Sempre gostei do Michael Douglas. Vi praticamente os seus filmes todos e ando muito curiosa para ver “Wall Street: Money Never Sleeps” (acho que só para Novembro).

Este "Solitary Man” não é mau, a história é agradável e gostei da interpretação. Mas ao mesmo tempo achei o filme, não a história, muito simples. Faltou-lhe qualquer coisa…e pessoalmente não gostei do final.
Argumento: Ben Kalmen (Michael Douglas) é um magnata do ramo automóvel que vê a sua vida profissional ser colocada em risco por causa da sua falta de descrição com a sua vida pessoal que é pautada por inúmeros envolvimentos românticos com adolescentes. Susan Sarandon faz de ex-mulher e Danny DeVito, um amigo de longa data que o vai ajudar…

Curiosidades: “Wall Street: Money Never Sleeps” foi também filmado na Fordham University e Susan Sarandon entra igualmente no filme. O primeiro filme que Douglas e DeVito fizeram juntos, foi há 20 anos e não contracenavam juntos desde “The War of the Roses”.


just_wright
Aqui está uma comédia romântica muito gira, agradável de ver e nada lamechas! Deve ser das poucas que vi que não são lamechas. Normalmente tudo o que tenha a Queen Latifah é sinal de qualidade e é de louvar escolher uma mulher com estas medidas para fazer um filme deste tipo. Embora esteja muito mais magra, continua a ser uma mulher muito grande e muito bonita!

Recomendo este filme a qualquer um! Eu gostei!

Argumento: Leslie Wright (Queen Latifah) é uma fisioterapeuta que vive em New Jersey com uma amiga - amiga essa que tem a pretensão de ser esposa de um basketbolista da NBA). As duas acabam por conhecer Scott Mcknight (Common) que fica noivo da amiga de Leslie. Mais tarde, McKnight sofre uma lesão grave e irá contar com a ajuda de Leslie para o reabilitar.

sexta-feira, agosto 13, 2010

quinta-feira, agosto 12, 2010

Algumas das minhas coisinhas de cinema

 PICT0028A minha mala do “Big Lebowski” comprada numa feira em Amsterdam.  
PICT0041O enorme poster do “Scarface” que tenho no hall de entrada.
PICT0039 O poster do “South Park” que tenho no escritório.
PICT0026T-Shirt do “South Park”
PICT0040Um peluche do Cartman

Yeaaaaaaaaah!

ATT000011

Iupi! Hoje já está mais fresquinhooooooooooooooo!

terça-feira, agosto 10, 2010

“After Life” vs “Shelter”

Exemplos de dois filmes que até têm actores porreiros mas…não prestam.

Vi-o 30 minutos e parei. Achei-o seca e nem o Liam Neeson o salvou…

After_Life_ afterlife

Argumento: Anna Taylor (Christina Ricci)encontra-se entre a vida e a morte. Encontra Eliot Deacon (Liam Neeson) que parece ter a habilidade de fazer a passagem, mas seu real interesse é enterrá-la viva.

Curiosidades: O papel de Anna Taylor era para ser atribuído a Kate Bosworth e o de Eliot Deacon a Alfred Molina. O filme foi rodado em 25 dias.


shelter_ver5
Ao ver o filme pensava: mas como é que dois actores como a Julianne Moore e o Jonathan Rhys-Meyers se metem numa xaxada destas?! Vi o filme até ao fim mas não gostei. Gostei sim da facilidade que Rhys-Meyes tem em fazer sotaques. Muito bom!

Argumento: A psiquiatra forense Cara Jessup (Julianne Moore) trabalha com pessoas com personalidades múltiplas. É muito dedicada à Ciência, mas o assassinato do seu marido não fez com que perdesse a fé em Deus. Está prestes a enfrentar forças que pensava não existirem, quando Adam (Jonathan Rhys-Meyers ) mostra ter poderes que desafiam uma explicação racional.