terça-feira, agosto 10, 2010

“After Life” vs “Shelter”

Exemplos de dois filmes que até têm actores porreiros mas…não prestam.

Vi-o 30 minutos e parei. Achei-o seca e nem o Liam Neeson o salvou…

After_Life_ afterlife

Argumento: Anna Taylor (Christina Ricci)encontra-se entre a vida e a morte. Encontra Eliot Deacon (Liam Neeson) que parece ter a habilidade de fazer a passagem, mas seu real interesse é enterrá-la viva.

Curiosidades: O papel de Anna Taylor era para ser atribuído a Kate Bosworth e o de Eliot Deacon a Alfred Molina. O filme foi rodado em 25 dias.


shelter_ver5
Ao ver o filme pensava: mas como é que dois actores como a Julianne Moore e o Jonathan Rhys-Meyers se metem numa xaxada destas?! Vi o filme até ao fim mas não gostei. Gostei sim da facilidade que Rhys-Meyes tem em fazer sotaques. Muito bom!

Argumento: A psiquiatra forense Cara Jessup (Julianne Moore) trabalha com pessoas com personalidades múltiplas. É muito dedicada à Ciência, mas o assassinato do seu marido não fez com que perdesse a fé em Deus. Está prestes a enfrentar forças que pensava não existirem, quando Adam (Jonathan Rhys-Meyers ) mostra ter poderes que desafiam uma explicação racional.

15 comentários:

  1. ana do 2º esq: Acreditas que pensei no mesmo? Estive para escrever à frente "no wonder"... ehehehe!

    ResponderEliminar
  2. Alguém da tua família ou muito chegado tem 1 vídeoclube. :-)

    ResponderEliminar
  3. aespumadosdias: Ou isso ou tenho uma ligação muito rápida, sei usar os torrents e estou de férias.

    ResponderEliminar
  4. Oh Rui, mas será que tu não falas noutra coisa? Onde quer que te encontre é sempre mais do mesmo!

    LOL

    Dora, esta minhoca só pensa em m****

    :)

    ResponderEliminar
  5. Gostei do pormenor do têm actores porreiros... mas não valem nada... :D

    Beijo***

    ResponderEliminar
  6. Olha vi o Shelter há dois dias, e fiquei assim um tanto ao quanto decepcionado. juro que pelo resumo dos sites q vi antes d o sacar tinha a sensação que era mesmo relacionado com personalidades multiplas, mas nãããão tinha que meter hoodoo. por acaso o actor principal (fechei a janela e n m lembro do nome) tem uma versatilidade a encarnar diferentes personagens ao longo do filme que me surpreendeu. o after life vi o trailer e pareceu me mesmo podre. nem saquei.

    ResponderEliminar
  7. ahah o mítico cartaz do afterlife. epic fail.

    ResponderEliminar
  8. Já tinha ouvido falar, mas não me tinha chamado a atenção. Agora não perco, mesmo, tempo com eles.
    Thanks Dora ;)

    ResponderEliminar
  9. pois... lol lá se vai a teoria de bons actores igual a bons filmes...

    http://cinemaschallenge.blogspot.com/2010/08/swicth-ja-trocavam-era-de-actriz.html

    ResponderEliminar
  10. Rui Caldeira: São os dois cocó!

    Marta: Em cocó e fazer o amor - é disso que ele gosta :-)

    Sissy: Exacto. Os actores não salvam os filmes :-)

    Ricardo: Fizeste muito bem. Não valem a pena!

    Ruca: É mitico porquê? Conta.me!


    Eve: Não percas. Confia em mim.

    Andreia: Pois, neste caso, são actores porreiros e os filmes são merdosos.

    ResponderEliminar
  11. Confio sempre! ;)

    PS: Acabei ontem de ver o Death at a Funeral American Version, odiei! Nem chega aos calcanhares da versão original de 2006! Nem de perto nem de longe!

    ResponderEliminar
  12. a ana do 2º esquerdo14 novembro, 2010 23:56

    achas que no filme 'after live' ela estava viva??

    ResponderEliminar