quinta-feira, novembro 04, 2010

The Social Network

 the-social-network-poster-640 The-Social-Network-Movie-Poster

Vi-o este fim de semana e cheguei a uma conclusão (um tanto polémica mas é a minha opinião e vale o que vale): já gostei mais do David Fincher. Tanto este como o “Benjamin Button” já não os achei tão bons…

“Melhor filme do ano” como vejo nos mupis do Metro? Não me parece. E acredito também que a maioria das pessoas vai sair desiludida da sala de cinema.

Eu gostei do filme mas aconselho-o apenas a quem gosta da temática porque neste filme não há mortos, não há sexo, não há amor e regra geral é um filme parado. Pelo que sei a história é fidedigna e é interessante saber como começou e como se chegou a este grande fenómeno que é o Facebook.

Argumento: “Numa noite em 2003, o génio da programação e aluno de Harvard, Mark Zuckerberg (Jesse Eisenberg), senta-se ao computador e começa a trabalhar numa nova ideia. Aquilo que inicialmente era apenas uma mistura de programação e blogging, cedo se tornou numa rede social à escala mundial, que revolucionou a forma de comunicar. Seis anos e 500 milhões de amigos depois, Mark Zuckerberg é o mais novo bilionário da História... mas para este empresário, o sucesso vai trazer-lhe também problemas pessoais e legais.”

Curiosidades: Justin Timberlake foi o único que conheceu a sua personagem real, Sean Parker. O primeiro banner original do “Facebook” tinha uma foto de Al Pacino. Justin Timberlake teve de perder peso para parecer a idade real da sua personagem.

12 comentários:

  1. O Justin teve de perder peso? Ahaha, coitado, deve estar esquelético! xD
    Quanto ao filme, até estava entusiasmada para o ir ver, parecia ser fixe.
    beijinho

    ResponderEliminar
  2. Eve: Eu achei-o normal :-)
    Mas vê, é fixe. Apenas disse que não é o que lhe "chamam".

    ResponderEliminar
  3. Eu quero mesmo muito ver, pelo que percebi pelo trailer...há um final twist, certo?

    ResponderEliminar
  4. Andreia: É uma história veridica. Não há twist.

    ResponderEliminar
  5. eu nem sei porque "facebook" tem argumentos para virar filme...

    ResponderEliminar
  6. tadeu: Goste-se ou não, o FB é uma "febre" que movimenta milhões de pessoas. Eu pessoalmente quis saber onde/como começou o fenómeno. Apenas isso.

    Estive 4 meses sem lá ir. Voltei esta semana mas não duro muito. Aquilo aborrece-me.

    ResponderEliminar
  7. Terei de ver, mas em casa lá para o Natal :)

    O Fincher não é o meu realizador preferido, nem de perto nem de longe!

    ResponderEliminar
  8. Ainda assim, acho que o filme tem um bocadinho mais do que sentiste mas não passa do tal neutro que nos deixa em concordância ; )

    Achei que o Justin esteve bastante bem, surpreendeu-me.

    ResponderEliminar
  9. Diogo F: eu gostei da história. Gostei de saber como tudo começou. O filme em sim, nada de especial.

    Já viste o "Alpha Dog"? Aí sim, gosto do JT.

    ResponderEliminar