sexta-feira, novembro 12, 2010

Thus Spoke a Cynical

46670_460

Nunca tive por hábito fazer aquelas saídas “a casais”. Regra geral, nem tenho os amigos em comum com a pessoa de quem gosto. Cheguei a fazê-lo umas vezes aos 18 anos mas achava uma seca porque o casal em questão era só “mel”. Não se largavam, as bocas não descolava e, pior que tudo, falavam “à bebé”, em alto e bom som.

Com o tempo fui crescendo e deixei de ter essas saídas porque existem sempre os “meus amigos” e os “amigos dele”. Obviamente que gosto que estejamos inseridos em ambos, mas não me convidem para saídas onde os intervenientes são apenas casais. Se há coisa que me aborrece são as conversas de passar a ferro, de dar comida ao bebé, dos pés inchados, do marido agarrado à PS3 e, principalmente, da comparação da aliança (aka anilha).

Muitas vezes oiço comentários do género “Os meus amigos são todos casados ou juntos. Não tenho amigos solteiros.”… No meu caso, não sei se é alguma coisa que colocam nas águas onde vivo, mas a maioria dos meus amigos e amigas são solteiros. Somos quase todos de 77 (excelente colheita!) e solteiros. Poucos já viveram juntos e/ou foram casados. Logo, quando nos juntamos ou saímos, existe apenas um casal e o resto é tudo solteiro.

Se com a idade me tornei uma cínica e uma descrente no amor? Talvez…ou não.

19 comentários:

  1. Nas saídas de casais há uma coisa totalmente nojenta que reparo sempre, os casais competem por graus de felicidade e entendimento. tem q ser os q s dão melhor do grupo e por ai.... mesmo que na verdade não seja. por isso é q nunca gostei d saídas em casal

    ResponderEliminar
  2. nem te digo nada sobre a colheita de 73... :)

    ResponderEliminar
  3. Eu cada vez mais me convenço que esta nova geração foi feita para estar sozinha....não se fala de outra coisa a não ser "separações/divórcios"... e acredita que o melhor tempo da minha vida foi qdo fui solteira.
    Casaste pq? Perguntas tu...bem amo o meu marido, e foi mesmo escolha. Não me arrependo mas... nada melhor do que ser solteira ;D

    Beijocas doces... e o 77 é mesmo boa colheita! xxxx

    ResponderEliminar
  4. Ricardo: Nunca deparei com uma conversa dessas porque não os tenho no meu grupo de amigos mas concordo perfeitamente!

    Pequena Lince: Que não os atura ou que fazes parte deles?

    tadeu & VM: 77 É que é!

    Paula Guerra: Mas eu não sou contra o casamento. Quem sou eu? Acho que fizeste muito bem!Ser solteira tem as suas coisas boas e más, mas eu gosto :-)

    ResponderEliminar
  5. Glup... hoje o meu namorado vai conhecer as minhas amigas. E fico nervosa porque imagino que nãi vai haver tema de conversa. :/

    ResponderEliminar
  6. se há coisa chata é ter que sair com um casal apaixonado de fresco, tanta felicidade até chateia. naaaa não há pachorra para tanto beijo e maozinha dada. irra.
    na colheita de 72/73 não pessoal com PSP 3

    ResponderEliminar
  7. S: Uau! Big day! Vai correr tudo bem, vais ver! E lembra-te: não são elas que têm de gostar dele, és tu.

    ana 2 esq: Ainda há casais que andam de mão dada? Desconheço!

    ResponderEliminar
  8. há. daquelas que dão a mão nos restaurantes. e que têm nomes fofinhos. gatinho, gatinha, passarinho, tudo que acabe em inho ou inha.... que irritação. estou como tu. serei uma cinica da colheita de 72?

    ResponderEliminar
  9. ana 2º esq: Claro que és! Somos umas cinicas...shame on us!

    ResponderEliminar
  10. Eu sou uma cínica da colheita de 89!txaraaaaam lol...

    Mas, sinceramente, quando li este post, fiquei extasiada porque compreendo perfeitamente e porque sempre fui muito anti- namoros ou relações cola-a-cola .Pode ser por ser nova,mas gosto de ter a minha vida, o meu mundo, os meus amigos, os meus interesses; de ser eu. E não a X namorada de Y...bah...e quanto a ter amigos casais...acreditem que é bastante mau, principalmente quando se põe na fase melosa e nas comparações!

    ResponderEliminar
  11. Andreia: Pior que casais de namorados, são casais de casados!

    ResponderEliminar
  12. Oh fiquei triste...eu que sou da colheita de 83, tenho namorado e sou mega-feliz com ele...mas não consigo ter essa fase melosa :\ bom mas ele também não =D e chamar outros nomes??tipo aqueles casais do "amorzinho olha isto"? eu bem os aviso que convém dizerem o nome um do outro de vez em quando senão um dia esquecem-se...no entanto, não dispenso a mão dada =D
    Resumindo, de romântica tenho muito pouco e não tenho pachorra para esses casais lamechas. Não é porque se namora (ou porque se é casado) que temos de mudar quem somos.

    ResponderEliminar
  13. Olá! Por vezes as conversas são bem chatas. Então boas saídas.

    ResponderEliminar
  14. Neste momento estou longe de tudo e de todos e a solidão é para mim um conforto. À minha volta toda a gente tem alguém, namorado, marido, amizade colorida, seja o que for. Já não suporto as conversas de casal e por isso prefiro estar sozinha. Quanto aos amigos solteiros, ou separados, tenho alguns mas...estão nessa fase há pouco tempo por isso a conversa ainda é um bocado depressiva.
    Enfim...como te disse, eu cá tenho de conhecer pessoas novas para sair deste marasmo.
    :)

    ResponderEliminar
  15. o melhor é cada um ser o que é. casado ou solteiro. mas eu gosto de sair com pessoal que ambos (eu e ela) conhecemos.

    ResponderEliminar
  16. Tornaste-te apenas realista, pois os almoços grátis não existem.
    Quanto ao resto do post, concordo contigo em género, número e grau.

    ResponderEliminar
  17. gata Cristina: Eu quando estou apaixonada também tenho os meus momentos lamechas..mas só ao pé dele e dentro de 4 paredes.

    aespumadosidas: :-)

    Marta: Conhecer pessoas novas é sempre bom. Mas às vezes levam-nos à conclusão que essas mesmas pessoas não nos dizem nada.

    António Branco: Compreendo!

    Maldonado: Nem sei se sou realista ou cinica. Já não sei...

    ResponderEliminar