quinta-feira, abril 14, 2011

“Lilttle Fockers” vs. “How do You Know”

Ora aqui está um excelente desperdicio de uma bela tarde de Domingo…Qual o pior? Sinceramente, não sei. Mas não gostei de nenhum dos dois.

little-fockers-eyes-posters-e1293117282978

Gostei mais da sequela do que do primeiro filme. Acho o “Meet the Fockers” superior ao “Meet the Parents”, em tudo. O argumento, as piadas e principalmente as interpretações. Neste “Little Fockers”, embora os actores sejam os mesmos, não consegui achar piada a uma única parte do filme.

Argumento: Passados 10 anos, Greg (Ben Stiller) e Pam (Teri Polo) Focker vivem felizes e têm dois filhos. Greg (Ben Stiller) começa a ter alguns problemas do foto monetário e aceita um trabalho “extra” numa farmacêntica, onde terá de trabalhar directamente com Andi Garcia (Jessica Alba). Quando todo o clã se junta para a festa de aniversário dos gémeos, incluindo Kevin (Owen Wilson), Greg terá de provar ao céptico Jack (Robert DeNiro) que está totalmente apto para ser o homem da casa.

Curiosidades: Dustin Hoffman esteve para não participar no filme porque não gostou do guião, nem da alteração de realizador, de Jay Roach, para Paul Weitz. Finalmente chegaram a acordo e filmou apenas 6 cenas.

how-do-you-know

Será que sou a única pessoa que não acha piada ao Paul Rudd? Gostei de o ver há muitos anos em “Clueless” com a Alicia Silverstone. Mas não sei porquê, o homem anda na berra e eu não lhe consigo achar grandes qualidades cómicas…O Owen Wilson é outro que dificilmente descola do papel de “dumb blonde”. De cor, lembro-me pelo menos de 3 ou 4 filmes onde faz sempre o mesmo género de papel…Obviamente que praticamente todas as comédias românticas são um cliché, mas esta é um “cliché aborrecido”. Nem o pequeno papel de Jack Nicholson consegue dar a volta a isto…

Argumento: Lisa (Reese Witherspoon) é uma atleta de alta competição e tem como grande paixão o baseball e ao ser dispensada da sua equipa, toda a sua vida deixa de fazer sentido.   Lisa começa a sair com Matty (Owen Wilson), uma estrela de baseball, com um ego enorme e muito mulherengo. George (Paul Rudd) é um homem de negócios, que tem uma relação bastante complicada com o seu pai, Charles (Jack Nicholson). Quando tudo parecia estar a desmoronar-se na vida de Lisa e George, os dois conhecem-se na pior noite das suas vidas, e vão descobrir que também existem coisas maravilhosas...

Curiosidades: Bill Murray foi inicialmente escolhido para o papel de Jack Nicholson, mas acabou por declinar o convite.

9 comentários:

  1. Nenhum dos dois me atrai. Ainda achei alguma piada ao primeiro filme da série De Niro/Stiller, mas cansa um bocado. Fica sempre a rondar o óbvio.

    Quanto ao segundo.. acho que a única maneira que eu teria de o ver mesmo seria se o bill murray entrasse. O Jack Nicholson é overrated!

    ResponderEliminar
  2. Ska: Compreendo o que dizes do Nicholson mas não sei se concordo. Não sei...ainda gostei muito dele no "Departed", "Somebody's gotta give" e "As good as it gets" e já estava entradote.Neste filme´ele é quase irrelevante.

    ResponderEliminar
  3. Não sou muito adepta do riso fácil, tenho de admitir.

    ResponderEliminar
  4. Como sempre concordo com tudo o que disseste! Go Dora! ;)

    ResponderEliminar
  5. Já vi o primeiro e concordo, não achei piada e acredita que o 1º foi altamente porreiro.
    O segundo já está na minha lista a sacar ;)

    ResponderEliminar
  6. Eu sou fã do Meet The Fockers... esse novo não conhecia, mas vou ver se vejo e depois dou-te a minha opinião!

    Bjs docinhos***

    ResponderEliminar
  7. S: Se isto fosse de riso fácil, eu tinha-me rido :-)

    Eve: Obrigada. Ainda bem que concordas com os meus gostos!

    Marta: Quando vires o 2º diz.

    Paula: Eu também sou, mas deste último não.

    ResponderEliminar
  8. O segundo ainda não vi, mas o primeiro foi uma valente SECA. Acaba muito mal a saga dos Fockers. Muito, muitoooo mal. :s

    ResponderEliminar
  9. anouc: O 2º não difere muito :-)

    ResponderEliminar