sábado, julho 12, 2014

“Californication” & “Nurse Jackie”

californication-season4-poster Nurse-Jackie-Season-5-Poster

Acabaram duas das séries que mais gosto. “Californication” teve 7 seasons e penso que não volta, enquanto que “Nurse Jackie” irá continuar pelo menos por mais uma temporada.

Sempre disse que Hank Moody é o meu alter-ego masculino e foi das personagens mais cool de sempre da tv. A Jackie Peyton é uma enfermeira viciadíssima em comprimidos, que trafulha tudo e todos para conseguir as suas doses. Esta última season foi das melhores, na minha opinião.

Vou ter imensas saudades.

 tumblr_mwbdsl5Sed1sm2k64o1_500 tumblr_mtdoccVlJn1sb21kuo1_r1_500

 tumblr_lwvpkuN7Yn1qlk7obo1_500 1

“Síndroma dos Airbags avantajados”

tumblr_mtm09yzggC1rh8n7eo6_500

Não consigo entender porque é que nos dias de hoje, a maioria dos soutiens e biquinis são de números pequenos. Ou seja, uma pessoa que tenha umas mamocas um bocadinho maiores do que o normal, vê-se “grega” para comprar estas peças. Os soutiens disparam até aos 40€ e os biquinis (apenas a parte de cima) chegam aos 30€ e só existem na Calzedónia. As partes de baixo encontram-se em todo o lado, agora “airbags” maiores é tão dificil…

Tudo isto deixa-me os nervos em franja! Grrrrrrrrrrr! 2 biquinis comprados e 88€ gastos. E obviamente que a escolha é pouco ou nenhuma. Nesta cadeia de lojas existem números grandes mas poucos modelos à escolha, mas felizmente são giros e assentam bem.

Mais alguém padece do mesmo?

Sexy na praia…só uns dias depois

tumblr_n44ry0U2rI1t0cscho1_400

Estamos a meio de Julho e a minha época balnear ainda não abriu. O tempo tem estado uma porcaria ao fim-de-semana e finalmente, neste que está bom tempo, tenho hoje uma coisa marcada que sendo uma “coisa de gaja” (bem, actualmente não é só) não me deixa apanhar sol nem hoje, nem amanhã.

Depilação a laser: óptima, excelentes resultados mas durante dois dias condiciona-nos e não podemos apanhar sol.

Mais vale voltarmos a ser umas macacas mas que podemos apanhar sol a qualquer hora! :)

sábado, julho 05, 2014

“The Royal Tenenbaums” de Wes Anderson (2001)

tumblr_n7r6hapPAw1sgqn33o3_250 tumblr_n7r6hapPAw1sgqn33o6_250

 tumblr_n7r6hapPAw1sgqn33o7_250 tumblr_n7r6hapPAw1sgqn33o8_250

 tumblr_n7r6hapPAw1sgqn33o9_250 tumblr_n7r6hapPAw1sgqn33o10_250

 

Ainda no tema do Wes Anderson e do post anterior: este é o filme que mais gosto dele. De longe…

domingo, junho 29, 2014

Honest Slogans

honest-slogans-candy-crush-685x505 honest-slogans-itunes-685x548

honest-slogans-netflix-685x462 honest-slogans-pepsi

honest-slogans-wii-685x380 perrier

honest-slogans-mens-health-685x342

“Grand Budapest Hotel” de Wes Anderson (2014)

 grand_budapest_hotel_ver2 grand_budapest_hotel

Todos os filmes de Wes Anderson são quase obras e arte, são visualmente magníficos, no sentido da fotografia, do guarda-roupa, de todos os pormenores típicos deste realizador. É muito fiel a si próprio e costumo dizer que poderíamos estar no final do mundo, em qualquer situação onde nos colocassem uma tv à frente e sem legendas ou dicas, e conseguiríamos identificar facilmente os filmes de Wes Anderson. Este “The Grand Budapest Hotel” não me surpreendeu, nem me cativou. Gosto bem mais do aspecto visual do que propriamente do argumento desta comédia policial.

Sem dúvida que adoro todos esses pormenores:os amarelos torrados, os castanhos, os rosas, o narrador…É dos realizadores que mais importância dá à côr. O que acho mais fracos nos seus filmes é mesmo o argumento. De todos os filmes, “The Royal Tenenbaums”, “The Life Aquatic with Steve Zissou”, “The Darjeeling Limited”, “Fantastic Mr. Fox” e “Moonrise Kingdom”, “The Royal Tenenbaums” é sem dúvida o meu preferido. Vi-o no cinema e assim que saiu comprei imediatamente o dvd. Também gostei bastante do “The Darjeeling Limited” que vi no cinema. Os outros já achei inferiores…

O elenco é sem dúvida de luxo e conta com os actores Ralph Fiennes, Jeff Goldblum, Willem Dafoe, Edward Norton, Adrien Brody, Mathieu Amalric, Harvey Keitel, Jude Law, Léa Seydoux, Tilda Swinton, Bill Murray, Saoirse Ronan e Tony Revolori.

Argumento: A história decorre durante a década de 1930, na fictícia República de Zubrowka. Gustave H, "concierge" num luxuoso hotel, tornou-se célebre pela sua habilidade de satisfazer os hóspedes mais exigentes. Ao seu cuidado está Zero Moustafa, um jovem e muito dedicado paquete que tem por ele uma admiração sem limites e que sonha seguir o seu exemplo. Apesar da crise económica e instabilidade política da época, tudo se passa com relativa tranquilidade até à morte de Madame D., amiga e amante de Gustave, e ao desaparecimento de um valioso quadro renascentista. Acusado injustamente de homicídio e roubo, ele está decidido a provar a sua inocência, limpar o seu nome e salvar o hotel da ruína que se avizinha. A ajudá-lo, terá o jovem aprendiz que, depois de tudo, passou a ser o seu único amigo de confiança…

Curiosidades: Johnny Depp foi a primeira escolha para Mr. Gustave. Este foi o 7º filme de Wes Anderson onde Bill Murray participou. Angela Lansbury começou por fazer de Madame D. mas devido a conflitos com uma peça de trabalho, teve de sair.

tumblr_n7s9k48cuR1r78t9ro1_250 tumblr_n7s9k48cuR1r78t9ro2_250 tumblr_n7s9k48cuR1r78t9ro4_r2_250 tumblr_n7s9k48cuR1r78t9ro5_r2_250 tumblr_n7s9k48cuR1r78t9ro6_r1_250 tumblr_n7s9k48cuR1r78t9ro7_r1_250

tumblr_n6tjjiDl9a1qghl49o1_500 tumblr_n6y9mrvt8D1qc2bleo1_500 tumblr_n7ulqaKg551sa11jco1_500

sábado, junho 28, 2014

Saudades de apanhar uma valente…

332704_460s

Por vezes penso que sou imune ao álcool. Não consigo embebedar-me. Ou seja, não consigo ultrapassar aquele estado de ficar” tocada”, porque tenho sempre um lado muito consciente, ter o carro nas mãos. Não estiver de carro, o que acontece sempre, não me excedo.

Quando estava nos meus 20 e tal anos isso não era impedimento. Bebia, saía e conduzia com os copos. Lembro-me pelo menos de 2 ou 3 vezes de ir a conduzir, ver tudo tão distorcido, que tinha de me guiar pelo traços da estrada. Actualmente não faço nada disso.

Mas mesmo sem carro, das poucas vezes que isso acontece, não consigo ficar com os copos. Como tenho uma boa tolerância ao álcool, para chegar a esse estado, tinha de beber muita quantidade e isso deixa-me cheia. Claro que me estou a referir a cerveja, vinho ou sangria. Fico super cheia e isso não gosto.

Isto é um defeito do Capricórnio: nunca perder o controlo. Às vezes confesso que é uma seca…

tumblr_lil3pcTVRh1qc4tdl

domingo, junho 22, 2014

“Game of Thrones” (será que é desta?)

Game_of_Thrones_Minimalist_PMJOHNST1-630x350

Ando a ganhar coragem para começar a ver isto. Sempre me recusei porque não é mesmo o meu género mas se é a série mais pirateada de sempre e se ninguém se cala com isto, é porque tem qualidade.

Quem vê, diga de vossa justiça…

A minha parceria cinematográfica preferida

tumblr_n6puy04WPD1qi1uh9o1_400

 tumblr_n6puy04WPD1qi1uh9o2_400

 tumblr_n6puy04WPD1qi1uh9o3_400

 tumblr_n6puy04WPD1qi1uh9o4_400

 tumblr_n6puy04WPD1qi1uh9o5_400

Leonardo DiCaprio & Martin Scorcese

sábado, junho 21, 2014

“Orange is the New Black”

 

tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo10_r2_500

tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo1_250 tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo2_250 tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo3_250

tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo4_250 tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo5_250 tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo6_250

 tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo7_250 tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo8_250 tumblr_n6z48b0Khb1r3ptbfo9_250

Outras das séries do Netflix, que tem a particularidade de quando a série sai, ficam disponibilizados todos os episódios de uma season.

Esta é a Season 2, tem também 13 episódios e vêem-se muito bem. Embora ainda não tenha acabado de os ver todos, faltam-me 4, posso afirmar que gostei mais da primeira season. Não sei se foi por ser novidade, mas achei que os episódios fluíam melhor, na medida em que vi essa mesma temporada apenas num fim-de-semana. Esta temporada baseia-se mais nas vidas de todas as personagens da série e com a ajuda de flashbacks vamos descobrindo o porquê de cada uma ter ido parar à prisão.

Esta série é de Jenji Kohan, o criador de “Weeds” (uma série que adorei, cujas 8 temporadas devorei!).

A minha personagem preferida acaba por não ser uma das principais. É Larry Bloom (Jason Biggs), o Jim de “American Pie”.

Argumento: A série desenvolve-se ao redor da história de Piper Chapman (Taylor Schilling), que mora em Nova York e é sentenciada a cumprir 15 meses numa prisão feminina federal por ter participado do transporte de uma mala de dinheiro proveniente do tráfico de drogas em favor da sua ex-namorada, Alex Vause (Laura Prepon), que é peça importante num cartel internacional de drogas. O delito ocorreu dez anos antes do início da série e, no decorrer desse período, Piper seguiu a sua vida tranquila entre a classe média-alta de New York, e ficou noiva de Larry Bloom (Jason Biggs). Quando é presa, Piper reencontra Alex (que menciona Piper no seu julgamento, causando a sua prisão): elas reanalisam o seu relacionamento e lidam com as suas companheiras de prisão. Ao final da segunda temporada, resta a Piper o cumprimento de 8 meses de sua sentença.