domingo, janeiro 19, 2014

“Captain Phillips”

captain_phillips_ver2 captain_phillips_ver3

Tenho um hábito que presumo que seja raro nos apreciadores de cinema: não leio criticas, nem me debruço muito sobre os trailers. Limito-me a ler a sinopse e muito por alto, aquando das primeiras notícias sobre o filme. Se for algo que me puxe muito, vejo apenas um trailer. Não sou do tipo de cinéfila que ouve/lê sobre o filme, vai pesquisar, vê todos os teasers e trailers, lê todas as criticas e especialmente, vai ver a pontuação no IMDB. (Isso dava outro post porque não concordo com a maioria das pontuações atribuídas mas isso já é subjectivo).

Gosto de ir sendo surpreendida à medida que vou vendo o filme, e depois, aí assim é que sou capaz de ler uma crítica ou outra.

O caso do “Captain Phillips” foi curioso porque fui gostando cada vez mais à medida que a acção ia decorrendo. É um tipo de filme que estamos sempre em sobressalto, à espera do que vai acontecer. Dei por mim a pensar, no inicio do filme: (O Tom Hanks vai tornar-se naqueles actores em que praticamente cada filme que faz, é nomeado. O que não se aplica aqui porque não acho este papel nada de especial). É claro que no final do filme, pensava o oposto. Gostei muito do papel do Hanks mas pronto, este ano fica de fora e dá a vez a Barhad Abdi.

Argumento: Baseado na história real do Capitão Richard Phillips (Tom Hanks) e da tomada do navio cargueiro norte-americano MV Maersk Alabama por piratas somalis, em 2009, o primeiro assalto a um navio de carga em 200 anos. O filme foca-se, principalmente, na relação entre o comandante do navio e Muse (Barkhad Abdi), o chefe dos piratas que o faz refém. Numa tensa viagem ao largo da costa da Somália, os homens vão ver-se perante forças e acontecimentos que não conseguem controlar.

Curiosidades: Hanks optou conhecer os “piratas” apenas quando começaram a filmar, para haver um clima de tensão.

tumblr_mzhz13htVi1s3y9slo4_500

4 comentários:

  1. Também está na minha mira.
    E já agora...concordo contigo, as pontuações no IMDB nem sempre são justas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta: Eu nunca votei num filme lá. Gosto de lá ir buscar informações, mais nada.

      Eliminar
  2. Gostei mais da realização do que da interpretação do Tom Hanks, embora tenha sido irrepreensível.
    Este é daqueles filmes, poucos, que me deixam a sentir qualquer coisa de estranho. Neste caso, foi uma sensação de piedade desesperante em relação aos piratas. Pouco ou nada senti em relação ao refém e à sua situação ou dor mas a situação dos piratas, pobres ingénuos meio mortos de fome nuns barquitos a cair de podres, cercados por um batalhão de robots americanos munidos de da melhor tecnologia bélica... deixou-me bastante pensativa. Acho que gostei por isso mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Purpurina: Ainda não tinha pensado nisso e tens toda a razão. Que perspectiva interessante!

      Eliminar