segunda-feira, janeiro 20, 2014

“Hoarders” – A Guilty Pleasure

How-to-Handle-Hoarders_clickforbigger

Delicio-me a ver o “Hoarders”. Ao Domingo, de manhã, lá estou a esparramada no sofá a devorar o(s) episódio(s) da semana. Gosto tanto que até tenho a gravação automática. Ainda por cima vejo em dose dupla: no TLC e no Bio.

No que é que consiste o “Hoarders”? Basicamente são pessoas com distúrbios e que mantém as casas como pocilgas (sim, sem aspas). Na televisão tendem a traduzir como “Acumuladores”.

Por exemplo, temos o caso de uma senhora que tinha cocó de gato, literalmente até às paredes. Na mesma casa, encontraram 37 gatos, 13 deles já estavam mortos, colados ao chão. Não, não é uma imagem bonita de se ver. Outro caso foi um senhor que vivia com 2500 ratazanas. Dava-lhes comida como se fossem pombinhos. Foi vê-lo feito carpideira, a chorar baba e ranho quando a inspecção levou as ditas porque era a companhia e a família dele.

Depois temos as famílias tipo mãe e filho que vivem minados de copos de refrigerantes e caixas de pizza, com larvas na cozinha e lixo até ao tecto. Alguns compram tudo e mais alguma coisa até atolarem a casa e ficarem praticamente barricados lá dentro porque não têm espaço para se mexerem…

Mais alguém vê isto ou posso começar a sentir que estou a enlouquecer por gostar de ver isto?!

tumblr_mylhepDUCt1r3gb3zo1_400

15 comentários:

  1. deixei de ver porque já não tenho tv por cabo, mas tudo o que é calamidade me atrai. e ver/perceber como é o processo de retorno.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. DN: "calamidade" é comigo. Para além disso também vejo outros igualmente "gultiy pleasures" que depois falarei aqui.

      Eliminar
  2. Nop, eu cá não vejo nada disso, mas bolas...fiquei curiosa arghhhhhhhhhh!

    ResponderEliminar
  3. Conheço mas nunca vi, gosto de uma série de reality shows e evito ver mais porque o meu mau gosto é sobejamento conhecido e é preciso pouco para me conquistar, mas fiquei curioso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eolo: a sério que não conheces? Procura no Bio e no TLC. Vê um e depois diz-me o que achaste.

      Eliminar
  4. eu já presenciei situações dessas ao vivo nos mais diversos pontos do país, e pelos mais diversos estratos sociais da nossa sociedade, é doentio e ao mesmo tempo interessante por as pessoas em questão não acharem que saem da normalidade, também existem aqueles que reagem com violência quando se tenta por cobro a situações de saúde publica.
    mas nessa linha de programas existem vários, aqueles que mais recai o meu interesse são os da serie Taboo da National Geographic e os Caça tesouros do canal Historia.
    no entanto só vejo quando estão a dar não tenho gravações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salsa: Eu também conheci uma família assim. Não iam ao extremo mas a casa era um nojo. As casas de banho então...
      Também já vi alguns docs do Taboo.

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Gata Cristina: É delicioso, não é? :)

      Eliminar
  6. Aquilo que eu apelido de programa-acidente, passo por ele e não consigo não ver. Perturba-me um bocado saber que há pessoas que não se importam de viver em autênticas lixeiras (acho que as pocilgas têm menos m**** que muitas daquelas casas), e o processo de admitir o problema e procurar resolve-lo é interessante, assim como o resultado final.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isa: Daí ser um guilty pleasure. Eu adoro ver tudo o que sejam distúrbios.

      Eliminar
  7. Também vejo este mas confesso que algumas situações me chegam a enojar, como são os casos em que a porcaria já é tanta que até baratas e ratos há lá pelo meio...

    ResponderEliminar