quarta-feira, janeiro 29, 2014

“True Detective” (2014)

true-detective-poster true_detective_key_art

Lembro-me da química existente entre Matthew McConaughey e Woody Harrelson, no “Ed TV” há já uns anos. Harrelson era o irmão bronco que tinha um ginásio. McConaughey era um empregado de vídeo-clube que acaba por ser a personagem principal do seu Reality Show. Neste “True Detective”, estão mais maduros, muito seguros de si e com performances muito boas.

Ambos produtores da série com um genérico muito sui generis, a lembrar-nos um mix de Tarantino com Irmãos Cohen.  A música ficou a cargo de T. Bone Burnett (“Crazy Heart”). Será composta por apenas 8 episódios e a sua estreia bateu records nos Estados Unidos.  Não é de admirar na medida em que são dois grandes actores de cinema que estão a protagonizar uma série. Cada vez mais isso é recorrente.

Tal como “American Horror Story”, cada temporada terá uma tema e dois protagonistas novos.

2013 foi de facto o ano de Matthew McConaughey porque para além da soberba interpretação no “Dallas Buyers Club”, nesta série faz um papel tão dark, tão pesado que (na minha opinião), ele próprio “é” a série. Visivelmente ainda magro, dá-nos uma interpretação muito crua e com um vazio enorme.

Na minha opinião, esta excelente performance acaba também por funcionar como “campanha” de McConaughey na corrida aos Oscars.

Argumento: Mostrando diferentes perspectivas tanto no passado como no presente, a narrativa foca-se na investigação dos crimes supostamente cometidos por um serial killer no ano de 1995 feita pelos detectives Rust Cohle (Matthew McConaughey) e Martin Hart (Woody Harrelson). Nos dias actuais, o caso é aberto novamente e ambos são questionados pelos detetives, já que a polícia tenta novamente prender o mesmo assassino. A série mostrará ao público o que acontece no presnte, ao mesmo tempo em que revela flashbacks da investigação nos anos 90.

tumblr_n052u14L2Z1qawxnko1_250 tumblr_n052u14L2Z1qawxnko2_250

6 comentários:

  1. Isto já passou por cá ou foi sacado?

    ResponderEliminar
  2. Opzinhead: Se respondo a isso, vou presa :)
    Ontem deu o 3º episódio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta: Há-de dar na Fox, um dia :) Quando der, vê. É muito boa. Eu saco.

      Eliminar
  3. Uma das grandes estreias do ano. Tenho estado viciadíssimo nisto. E a personagem do McConaughey é qualquer coisa é. Muito bem construida e interpretada.

    E o McConaughey é bom, era uma questão de estar nos projectos certos. Nos últimos anos a carreira dele tem ido de vento em popa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Loot: Mesmo tirando as comédias românticas, eu nunca tive dúvidas do quão bom ele é. Mesmo no "Time to Kill" este está impecável!
      Também estou a gostar muito da série. Aliás, do papel dele. O enredo em si ainda não desenvolveu muito. Ainda não vi o 3. Vejo hoje.

      Eliminar