sábado, fevereiro 01, 2014

“American Hustle” de David O. Russel

AMERICAN-HUSTLE-poster-1024x768

Intrigo-me porque é que tudo o que David O. Russel faz é digno de Oscar. Não digo um ou outro Oscar, mas sim em todas as categorias…Não lhe tiro mérito nenhum no “The Fighter” porque acho um filme muito bem conseguido. Agora em relação ao “Silver Lining Playbook” e a este “American Hustle”, a minha opinião é completamente diferente. Porque é que no “Silver Lining Playbook” os 4 actores foram nomeados? Não sei. (Bradley Cooper esteve bem, sem dúvida). Porque é que o filme teve tantas nomeações? Não sei.

Acho piada ao facto de David O. Russel ter pegado nos 4 actores principais dos seus dois primeiros filmes e utilizá-los neste filme e ao facto de Robert de Niro ter um pequeno papel

Mas agora vamos a “American Hustle”: 10 nomeações porquê? Não sei. Christian Bale está óptimo, o guarda-roupa e banda sonora, também. Não concordo com as nomeações para o resto dos actores (ok, a Jennifer Lawrence não está mal) mas daí a serem todos nomeados…Se vencer a categoria de “Melhor Filme” é uma grande injustiça, na medida em que, já vi 6 dos 9 nomeados e este é para mim, o mais fraco. Não nos prende, não traz nada de novo e o melhor são mesmo as interpretações de Christian Bale e de Jennifer Lawrence. Achei curioso o pequeno papel de Robert de Niro porque não estava à espera e foi uma deliciosa surpresa.

Argumento: Apanhados pelo agente Richie DiMaso (Bradley Cooper) depois de um dos seus múltiplos golpes, Irving (Christian Bale) e a sua parceira e amante, Sydney (Amy Admas) são forçados a trabalhar para o FBI numa missão que envolve alguns dos mais perigosos criminosos de New Jersey. É assim que se vêem envolvidos nos negócios pouco claros de Carmine Polito (Jeremy Renner), um político entusiasta mas pouco credível que se deixou cair nos meandros da máfia local. Para dificultar esta missão já de si complexa, Irving acaba por descobrir, da pior maneira possível, o poder do ressentimento de Rosalyn (Jennifer Lawrence), a mãe do seu filho, de quem nunca se chegou a divorciar...

Curiosidades: Christian Bale afirma que maior parte do filme é improvisada, na medida em que David O. Russel não gosta de “enredos”. Robert de Niro não reconheceu Christian Bale na primeira veze que o viu nas filmagens, devido à sua transformação física, pois este engordou 20kgs para fazer este papel. A personagem de Jennifer Lawrence é baseada nas “The Real Housewives of New Jersey”. Ben Affleck foi originalmente pensado para realizar este filme.

tumblr_n0aggcNNsF1rbfjqwo2_250 tumblr_n0aggcNNsF1rbfjqwo3_250 tumblr_n0aggcNNsF1rbfjqwo4_250 tumblr_n0aggcNNsF1rbfjqwo7_250

19 comentários:

  1. Também por aqui se prova que isto é tudo um negócio.
    Já tinha visto o filme e achei o mesmo. Não percebi nem percebo a loucura à volta dele. Bom filme, porreiro, engraçado...pá, nada por aí além...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. POC: Obrigada. É sinal que me exprimi bem no post. O gajo é bom, mas não é ao nível de tudo o que faça seja para Oscar ou para todas as nomeações. Mas pronto...

      Eliminar
  2. Não vi este filme, simplesmente porque o trailer me pareceu bastante fraquinho... e não e seduziu. :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Namorado: Mas o filme não é mau. Acho que deves ver.

      Eliminar
    2. Mas achas que vale os 6 euros Dora?

      Eliminar
    3. Namorado: Eu vou muito ao cinema porque ou não pago, ou pago no máximo 3.30€. Não, gasta os 6€ noutro dos nomeados, sem dúvida. Mas se puderes ver este sem pagar, vê também, claro.

      Eliminar
  3. Tenho de ir ver esse filme, aposto que vou gostar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. S: Vê que é porreiro. Não é é filme para tanto alarido.

      Eliminar
  4. É um bom filme, esmerado, que vive principalmente do trabalho dos actores. O Bale continua a preocupar. Todas as transformações físicas que ele se submete para os filmes não podem ser saudáveis, mas foi principalmente o Cooper e a Adams que me cativaram aqui. No entanto tens razão, não é um grande filme. Sinal claro disso vem do facto que a melhor cena do filme, a mais memorável, dever mais à iconografia do Robert de Niro conseguida de outros filmes, do que propriamente a algo intrínseco a este.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ozpinhead: Por acaso achei mais piada ao Bale e à Lawrence.
      Mas achas que é caso para tanta nomeação?

      Eliminar
    2. Não sei, porque falta-me ver muitos dos nomeados. Mas acho que está furos abaixo do Silver Linings.
      De qualquer forma, tirando o Gravity, nenhum dos filmes que gostei mais no ano passado se encontra nomeado, embora me pareça que muitos deles não eram sequer elegíveis.

      Eliminar
    3. Ozpinhead: Quais, por exemplo?

      Eliminar
    4. Como te disse, muitos destes não são elegíveis porque já são mais antigos, mas foram os que mais gostei de ver no ano passado. Obviamente que muitos dificilmente são material para oscares ;-)
      The Way, Way Back
      The Conjuring
      Stoker
      Prisoners
      Oblivion
      Don Jon
      Before Midnight
      About Time
      V tumane
      Mud
      Lore
      Den skaldede frisør
      Barbara
      At Any Price
      Take This Waltz
      Perfect Sense

      Ando muito atrasado no visionamentos de filmes. A minha lista não pára de aumentar. Geralmente só tenho tempo por volta das 22h e aí já penso duas vezes antes de visionar um filme de duas horas quando tenho alternativas mais curtas num episódio de série de tv. Ultimamente ganha a tv. O pior é que a lista de tv também não pára de aumentar lolol

      Eliminar
    5. Ozpinhead: Já vi alguns desses :)

      Eliminar
  5. Achei o Silver Lining um filme banal, daqueles de domingo à tarde. A histeria em torno dele bem como o óscar da jennifer lawrence foi demasiado exagerada. Mas este filme gostei principalmente pelo Bale que tem uma grande prestação. O personagem do Cooper achei um bocado parvo, podia ter mais credibilidade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. formatted error free: Concordo com tudo o que disseste. Na mouche! :)

      Eliminar
    2. Penso que a falta de credibilidade da personagem do Cooper é intencional. Ele é suposto ser parvo. Acho que no filme só há uma cena em que exageraram nesse aspecto, e na minha opinião deveria ter sido cortada que não se perdia nada.

      Eliminar
  6. Ainda não vi mas já está na pasta :)

    ResponderEliminar