sexta-feira, março 07, 2014

“American Psycho” de Mary Harron (2000)

 american_psycho_ver3American_Psycho-poster

Apanhei-o no cinema em 2001 e as duas pessoas que foram comigo odiaram-no. Eu adorei o filme e uns anos mais tarde comprei o livro do Bret Easton Ellis. O livro é enorme, com 415 páginas mas que, obviamente está mais completo que o filme. Soube-me ler o livro depois de ter várias vezes visto o filme. Tem mais mortes, mais sangue e Patrick Bateman é muito mais sombrio. A banda sonora desta filme tem uma enorme importância, principalmente quando ele começa a falar dos hits de cada álbum à medida que mata as suas vitimas. O guarda-roupa dos anos 80, o culto do corpo, o mundo fútil dos yuppies, são tudo pormenores que tornam esta obra, um filme atípico, mas muito interessante de se ver. A cena dos cartões de visita é sublime…!

Dos melhores papéis de Christian Bale!

Argumento: Edward R. Patrick Bateman (Christian Bale) é jovem, branco, bonito e sem nada que o diferencie dos seus colegas de Wall Street. Protegido pela conformidade, privilégio e riqueza, Bateman é também um serial killer, que vagueia livremente e sem receios em busca de uma nova vítima. Os seus impulsos assassinos são abastecidos por um zeloso materialismo e uma inveja torturante quando ele encontra alguém que possui mais do que ele.

Curiosidades: Nos anos 90 o filme foi para ser feito e em vez de Christian Bale, sugeriram Johnny Depp e mais tarde, Brad Pitt.

tumblr_my4g9qibsR1s636uxo1_500

tumblr_mwf1n1xXmH1s39hlao1_500 

“I have all the characteristics of a human being: blood, flesh, skin, hair; but not a single, clear, identifiable emotion, except for greed and disgust. Something horrible is happening inside of me and I don't know why. My nightly bloodlust has overflown into my days. I feel lethal, on the verge of frenzy. I think my mask of sanity is about to slip.”  - Patrick Bateman in “American Psycho”

12 comentários:

  1. Adorei n.º 2! O Christian Bale está brutal (e olha que nem gosto desta palavra)!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta Moura: Mas aqui aplica-se bem ao Bale! :)

      Eliminar
  2. No livro os assassínios são produto da sua imaginação ou são reais?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ozpinhead: Agora lixaste-me...li o livro assim que o comprei, há muitos anos. Já não me recordo :(

      Eliminar
  3. Tens de ver o filme com o outro Bateman. Também é bom, e é do mesmo autor. The Rules of Attraction

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo: Sei qual é e já não me lembro se o vi. Sei que há pouco tempo saquei-o mas não me recordo se o vi ou não...

      Eliminar
  4. Este filme é a melhor metáfora para o capitalismo selvagem do qual somos todos vítimas.
    Ainda bem que o Bale ficou com o papel pois o resultado foi um dos filmes da minha vida.
    O Easton Ellis, o autor do livro, é especialista em retratar o vazio emocional em que vivemos. Recomendo também ver as "Regras da Atração" pois acredito que se tivesses visto este filme certamente não ficaria esquecido ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui e Ricardo: O "The Rules of Attraction" já vem a caminho :)

      Eliminar
  5. Gostei do livro, com cenas muito puxadas. Leste Glamorama? Gostei mas fiquei sem perceber muito bem a história.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Limite do Oceano: Esse não conheço.

      Eliminar
  6. Eu sou suspeita porque acompanho o Christian Bale desde o Império do Sol, mas este é mais um dos que achei o máximo. Gosto mesmo deste actor,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta: Eu sempre disse que no Império do Sol ele merecia um Oscar!

      Eliminar