sexta-feira, março 07, 2014

“Closer” de Mike Nichols (2004)

  closer-poster closer-poster-final-credits

Um filme perfeito: excelente argumento e as interpretações estão soberbas. Os 4 estão muito bem, mas para mim, Clive Owen é o melhor. O diálogo da discussão com Julia Roberts é fe-no-me-nal! Acho-o muito verosímil, as histórias são reais…adoro este filme!

Sempre que o vejo, penso para mim que este seria o filme que adoraria ter escrito. Tem dos melhores diálogos de sempre.

Argumento: Dan (Jude Law), é um escritor falhado que escreve obituários que se cruza com Alice (Natalie Portman), recém-chegada dos Estados Unidos, no meio de uma rua de Londres. Amor à primeira vista. Passado uns meses, Dan conhece Anna (Julia Roberts) numa sessão fotográfica e esse é o início de um trágico desmoronar de valores. À semelhança do encontro de Dan e Alice, o de Anna e Larry (Clive Owen), motivado por uma confusão de identidades através de um chat de Internet, é também ele metafórico. Como a maioria dos filmes interessantes sobre sexo, é sobretudo conversa. Um poderoso diálogo, expressivo em termos sexuais e tão vivo que nos pode esgotar.

Curiosidades: Cate Blanchett foi escolhida para o papel de Anna, mas teve de o recusar por causa da sua gravidez. No inicio das gravações, Portman ofereceu a Robert um colar que dizia “cunt”. No final, Roberts retribuiu o gesto e ofereceu-lhe um que dizia “lil’cunt”. Na exposição de Anna, é a única situação onde as 4 personagens se encontram ao mesmo tempo.

 tumblr_m3d8n76MmQ1r8p5h3o1_500

tumblr_mr146o2mL71rket8to1_500

Larry: “What does your cunt taste like?”

Alice: “Heaven.”

20 comentários:

  1. Respostas
    1. Marta Moura: Não me canso deste filme. Acreditas?

      Eliminar
  2. Tenho que voltar a ver este filme. Na altura deixou-me mais ou menos indiferente. Pode ter sido num dia errado para o visionar. Lembro-me que tinha realmente grandes tiradas, mas no seu todo não me cativou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ozpinhead: A sério? Eu vi-o no cinema com um namorado e ele também não gostou muito. Eu desde que o vi, fiquei a bater mal. Toca-me imenso.

      Eliminar
    2. Tenho-o gravado na zon box à espera do adequado estado de espírito.

      Eliminar
    3. Ui. Isso é mais complicado. Não me deixa down mas mexe comigo...

      Eliminar
    4. Revi-o hoje. Gostei imenso. Da primeira vez não estava com a disposição certa, e além disso fico na dúvida se o teria visto na íntegra, pois não me lembro de muitas cenas do filme.

      Eliminar
    5. Ozpinhead: É tão bom, não é? Gosto tanto, tanto, tanto...

      Eliminar
  3. Também já vi e gostei muito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jo: Ainda o vi há duas semanas. Talvez pela décima vez ou mais.

      Eliminar
  4. Quando o vi pela primeira vez a historia foi-me algo indiferente, nao percebi o contexto ou nao queria perceber e nao gostei... depois vi e revi vezes sem conta o mesmo e adoro :) Especialmente tendo actores tao bons como Julia Roberts... ou ate' mesmo Natalie Portman que e' alguem que ja admiro ha algum tempo, desde pequenina :) excelente filme!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anna Marian: Eu saí logo do cinema a bater mal. Não me calava com o filme.

      Eliminar
  5. Gosto particularmente da cena entre o Owen e a Portman. É poderosa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto particularmente da cena entre o Owen e a Roberts; a discussão.

      Eliminar
  6. Larry: “What does your cunt taste like?”
    Alice: “Heaven.”

    Tenho mesmo que ver isto! Parece-me muita bem escrito e sou grande fã do Clive Owen.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui de Sousa: É das melhores citações do filme. Essa é das minhas preferidas. Vais gostar. Depois apita.

      Eliminar
  7. Juntas a isso a musica do Damien Rice e fica perfeito.
    Um dos meus filmes favoritos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Shiver: É o único "sitio" onde não enjôo desta música. Perfeita!

      Eliminar
  8. Já vi faz tempo e gostei, gostei bastante.

    ResponderEliminar