sábado, março 22, 2014

“Hard Candy” de David Slade (2005)

936full-hard-candy-poster tumblr_n2numas1gG1rljo1io1_1280

Na capa do dvd português, diz qualquer coisa como “E se por uma vez o Capuchinho comesse o Lobo Mau?”. Esta frase lança o mote para um enredo muito interessante. O que me chamou logo à atenção é a fotografia do filme, é fabulosa.

É o filme que mais gosto com a Ellen Page. Tem uma interpretação incrível e Patrick Wilson apresenta-se com um tipo de personagem que nada tem a ver com o que estamos habituados.  Na altura, foi o primeiro filme que vi com ambos.

A história é bem real, urbana mas é um filme que temos de reparar em cada pormenor porque nem tudo é o que parece…

Argumento: Depois de algumas semanas a falar pela Internet com Jeff (Patrick Wilson), um fotógrafo de 32 anos, a esperta e charmosa adolescente Hailey (Ellen Page) combina um encontro no café local para se conhecerem pessoalmente. Apesar da diferença de idades, Hailey vai com Jeff até à casa deste para uma sessão fotográfica. Jeff pensa que é o seu dia de sorte, mas Hayley não é tão inocente como parece. Após tomar uma bebida preparada por Hayley, Jeff desmaia. Quando acorda, está amarrado a uma cadeira, com Hayley a acusá-lo de pedofilia. A presa, transformada em caçadora, dá início a uma espiral de violência para que Jeff confesse o seu passado...

Curiosidades: Wilson acabou mesmo por desmaiar na parte da cirurgia, devido à forte carga emocional. O termo “Hard Candy” é utilizado entre os pedófilos, referindo-se às meninas.

tumblr_n26t5r5E481s2ntk9o3_250 tumblr_n26t5r5E481s2ntk9o5_500

15 comentários:

  1. Gostei muito deste filme. E adoro a Ellen, é tão querida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta Moura: Querida? lol

      Eliminar
    2. Neste filme em particular não é especialmente querida! Ela é que é querida!

      Eliminar
  2. Já estava à espera que pusesses este filme na tua ronda nostálgica.

    Digam-me lá se este filme não ganha uma dimensão ainda mais inquietante face às recentes revelações sobre a orientação sexual da Ellen Page. Não admira que o Wilson tenha desmaiado ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ozpinhead: Só me falta um dos nostálgicos, juro. Quer dizer, destes já tinha falado anteriormente, dos outros que irei colocar, nunca mencionei.

      Não acho que este ganhe dimensão sobre esse facto. Ela no "June" é tão feminina como um portão de uma quinta. Nesse sim...

      Eliminar
  3. Oh sim! Um excelente filme com excelentes interpretações. Gostei muito e já vi há tanto tempo que sou capaz de o ver outra vez.

    ResponderEliminar
  4. Muito bom esse filme, penso que foi o 1º que vi com a Ellen Page!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Limite do Oceano: Também foi a minha estreia com a Page.

      Eliminar
  5. Muito psicoooo! Mas igualmente bom! :)

    ResponderEliminar
  6. Mais um que não conhecia e que já acrescentei à lista. Se calhar é melhor não ver mais post nenhum, que a minha lista já era longa antes de aqui vir... :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jo: Eheheheh! Nada disso! Vais tirando umas dicas :)

      Eliminar
  7. Confesso que a Ellen Page nunca me disse muito. No Juno teve uma prestação boa mas faltou qualquer coisa para me agradar completamente...não sei bem o quê. E fora o Juno, nunca vi nada dela que me chamasse a atenção... excepto o Hard Candy. Ela encarna esta personagem de uma maneira fenomenal! Tão sombria, inquietante e inocente ao mesmo tempo. Adorei o filme.

    Não conhecia o An American Crime mas vou dar uma espreitadela. Acho que também me vou surpreender :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inês S: Eu não sou grande fan da Page. Não a acho má actriz mas parece que tem sempre a mesma expressão. O Juno irrita-me um bocado e o Hard Candy é mesmo o filme onde gosto dela.

      Eliminar