terça-feira, março 25, 2014

“We need to talk about Kevin” de Lynne Ramsay (2011)

31762 wnttak1209

Este não o apanhei no cinema mas é daqueles filmes que recomendo vivamente a todas as pessoas. É um “must see movie”. É uma história fascinante que bem poderia ser verídica e as interpretações, tanto de Tilda Swinton e de Ezra Miller, deixam-nos de boca aberta. Não é um filme fácil de ver pois a narrativa é baseada em analepses e prolepses (a história é contada em segmentos soltos, de trás para a frente e vice versa).

Confesso que não gosto da Tilda Swinton mas esta performance é extraordinária. Com este  mesmo filme, o ano passado foi nomeada para Melhor Actriz nos Golden Globes, mas depois nos Oscars, falhou a nomeação. Ezra Miller tem um olhar tão profundo e penetrante que nos deixa incomodados…Inclusivamente a criança que faz o papel de Kevin, com 6-8 anos, faz-nos sentir uma ausência de empatia pela mesma, que nos desconforta.

A originalidade deste filme, na minha opinião, prende-se pela premissa que aquele ditado “mãe é mãe” e que “os filhos gostam sempre dos pais”, às vezes não é bem assim…

Argumento: Eva (Tilda Swinton) coloca as suas ambições e carreira de parte para dar à luz Kevin (Ezra Miller). A relação entre mãe e filho revela-se difícil desde os primeiros anos. Quando Kevin tem 15 anos, faz algo irracional e imperdoável aos olhos da comunidade. Eva luta contra os seus próprios sentimentos de dor e responsabilidade: Terá alguma vez amado o seu filho? E quanto do que Kevin fez foi sua culpa?

tumblr_mnjeyxGpib1ru5xlmo1_500 tumblr_m9zdswgrUT1qe6mn3o1_500

13 comentários:

  1. Este filme é um murro no estômago (dos fortes).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta Moura: De ficar sem ar...
      Foi uma surpresa enorme. Não fazia ideia...

      Eliminar
  2. Esse filme é desassossega qualquer cabeça!! dassss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. V: Mesmo quando o vi na 2ª vez, mexeu comigo.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Marta: Promete que vais ver e que depois me dizes alguma coisa.

      Eliminar
  4. Gostei bastante do filme. A Tilda é uma actriz pouco valorizada, provavelmente porque não é possuidora de uma beleza característica de Hollywood. Estou ansioso por ver o próximo filme dela - Only Lovers Left Alive. O Ezra está muito bem.

    Quando vi o filme lembrei-me do livro da Doris Lessing O Quinto Filho, mas afinal é baseado num outro livro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opzinhead: Eu não posso escrever sobre em que livro é que é baseado senão é spoiler.
      Eu não gosto da Tilda mas ela é muito boa actriz. O Only Lovers Lef Alive já o aluguei 3x mas o ficheiro não vem em boas condições ou então vem dobrado.

      Eliminar
  5. Tulipa Azul: Vê que vais gostar.

    ResponderEliminar
  6. Excelente filme mas digamos que a história é daquelas que não é para todos. Filme "pesado".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Limite do Oceano: É mesmo destes que eu gosto ;)

      Eliminar
  7. Já estou para ver esse filme há imenso tempo e ainda não vi pela net...

    http://Styleloveandsushi.blogspot.com

    ResponderEliminar