quinta-feira, maio 22, 2014

“Lolita” de Adrian Lyne (1997)

lolita_ver3 lolita97

Li o livro do Vladimir Nbokov aos 20 anos. Já conhecia a história e o conceito de “Lolita” (acabou por se tornar num conceito) mas fiquei a adorar o livro e muito mais o filme quando saiu. Vi-o no cinema com muito pouca assistência. Fiquei apaixonada pelo filme. Adrian Lyne já nos tinha trazido “Fatal Attraction” e mais tarde, “Unfaithful” – dois filmes de que gosto bastante.

Jeremy Irons está soberbo, a sua performance é arrebatadora e de uma entrega tal que acabamos por “esquecer” que é um pedófilo. Este filme foi muito polémico no sentido de nem ter estreado nos cinemas nos Estados Unidos devido à polémica e às cenas entre Dominique Swain  e Jeremy Irons. Lembro-me de na altura ler que ela chegou a afirmar que sentiu nojo nalgumas cenas entre os dois.

Adoro todas as cenas deste filme, o desespero de Humbert, os modos de Dolores e até mesmo o papel da neurótica mãe, Charlotte Haze. Depois deste filme já vi várias tentativas estúpidas de meninas com tiques de Lolita e acho sempre tudo tão forçado. Esta acho-a perfeita. Uma criança que depois de descobrir o poder que tem, começa a jogar com o mesmo.

Argumento: Humbert (Jeremy Irons), um homem notável, refinado e irresistivelmente atractivo para as mulheres, guarda na sua memória um frustrante romance da adolescência. Uma paixão aos treze anos por Annabel que termina com a morte desta. Um choque que devastou o jovem Humbert. Apesar de já ser um homem, uma parte de Humbert continua adolescente. Em 1947, Humbert, professor de literatura francesa, viaja até New England, onde vai dar aulas. Será em casa de Charlotte Haze (Melanie Griffith), uma viúva cheia de fantasias, que Humbert irá ficar, acabando por se envolver com esta. Mas o sonho de Humbert realiza-se ao conhecer Lolita (Dominique Swain), de doze anos, a filha de Charlotte. Enquanto Charlotte tenta conquistar Humbert, este conquista Lolita.

Curiosidades: Como Dominique Swain tinha apenas 15 anos na altura em que o filme foi feito, uma almofada teve de ser colocada entre os dois. Natalie Portman foi a primeira aposta mas recusou. Dustin Hoffman foi escolhido para fazer de Humbert. No livro, Lolita tem apenas 12 anos quando conhece Humbert mas no filme aumentaram a idade para 14.

tumblr_mlwkqlKTxG1r51ppzo1_500 tumblr_mt5sfeQyN21s86jmwo1_500

 tumblr_mybkaldlkF1r3aydzo1_400 tumblr_n0la9ugRlj1rbrhnko1_500

“In my arms she was always - Lolita. Light of my life, fire of my loins. My sin. My soul.” - Humbert

11 comentários:

  1. Este eu vi. Embora achasse muito estranho uma miúda andar com um cota lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Namorado: As "coisas estranhas" são as que dão as melhores obras.

      Eliminar
  2. Eu li o livro e gostei, apesar de ser uma história, digamos, diferente. Do filme só vi uns bocadinho.s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Umbelina: Se gostaste do livro, tens de ver o filme.

      Eliminar
  3. É um filme de culto, e a meu ver, extraordinário. É dos tais que, não sendo "para todos", consegue cativar mais audiências do que outros que abordam assuntos semelhantes, em grande parte devido à extraordinária performance do Jeremy.

    Mas a sensualidade da Dominique (que tinha já 16-17 anos quando rodou o filme, e a meu ver notam-se bem, por mais que tentem fazer parecer que tem menos) é estonteante e é essa solidariedade com o "pobre" Humbert que nos deixa mais relutantes no momento de o condenar, se calhar a maioria de nós teria tido grandes dificuldades para resistir a uma bomba daquelas (com idade legal para conduzir na 'murica, essa sociedade de pseudo puritanos ridícula e pejada de contra-sensos)... Pelo menos à personagem do filme, entenda-se. Se realmente tivesse 12 anos como no livro (que não li) a história era outra, mas assim... Está desculpado. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Demian: Sabes qual a cena dela que acho mais sexy? Quando ele vai comprar bananas e ela está à escondidas com o Quilty. Tem o cabelo desgrenhado e o batom borrado. Muito bom.

      Eliminar
  4. Também vi o filme há alguns anos e na altura gostei do filme, e estava a par da polémica que girava em torno dele. Nem sei o que é feito da Dominique Swain, deve-se ter perdido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oceano: Ela chegou a ver o "Face Off" mas nunca mais a vi.

      Eliminar
  5. O livro está na minha lista de favoritos. Já nem me lembrava de ter visto o filme! Agora vou ter de o rever. Se calhar aproveito para ler outra vez o livro tb!

    ResponderEliminar
  6. Fiquei cheia de vontade de ler o livro e ver o filme. Acho que vou começar pelo livro. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Purpurina: Não acredito que nunca tenhas visto. Agora fiquei surpreendida. Podes ver o filme para ser mais rápido. Não te desilude.

      Eliminar