sábado, junho 14, 2014

“My 600lbs life” - TLC

tumblr_lt30rwh4ux1qbmf8z

Como já disse anteriormente, o TLC é um o meu “poço” de Guilty Pleasures. Já aqui falei de alguns e hoje é a vez do “My 600lbs life”. Conta a história de pessoas com mais 280kg e a sua vida durante um ano. Mostra como ficaram neste estado e principalmente, como irão ficar depois da cirurgia de banda gástrica.

Por muitas histórias que já tenha visto, o programa consegue sempre deixar-me de boca aberta. A maneira que estas pessoas comem, o que comem e o estado em que ficam os seus corpos são impressionantes. Não se conseguem mexer, fazer a própria higiene e muito menos, limparem-se quando vão à casa de banho. É vê-los, felicíssimos da vida, nos corredores do supermercado, a encherem aqueles carrinhos motorizados que já existem nestas lojas, especialmente para eles.

Já deu 4 ou 5 episódios e num deles, a mulher não perdeu peso. As câmaras acompanharam-na e depois da cirurgia, continuou a comer que nem uma alarve e depois era vê-la a chorar baba e ranho com o médico a dizer que ninguém a ajudava e que tinha que fazer tudo sozinha. O mesmo médico providenciou-lhe um fisioterapeuta, uma nutricionista, e a mulher recusou tudo; deixando mesmo de ir às consultas.

Eu gosto de ver todo o tipo de programas que tenha a ver com o comportamento humano, especialmente as coisas que saem à regra. Fico muito contente quando nestes programas, as pessoas dão a volta, melhorando a sua vida e começam a viver com qualidade.

15 comentários:

  1. Faz-me impressao como ha gente que consegue chegar a esse ponto. A minha mae sempre foi gordinha, o minimo que consegui foi 78 quilos julgo eu e foi uma grande vitoria. Agora para o fim ja estava com mais de 100 quilos e por mais que a vontade de emagrecer fosse muita, a vontade de comer era mais. Coisa que eu nao consigo compreender pois consigo bem se quiser passar um dia sem comer. E para mim uma refeicao apos esse dia acaba por ser melhor pois como menos! Devido 'a incapacidade que tenho de sentir apetite. Enfim... sao organismos... Mas e' confuso para mim devo admitir. Especialmente chegar ao estado da senhora acima :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anna Marian: Eu sempre fui gorda, gordinha, cheinha, sei lá. Já tive 20kgs a mais e actualmente estou com uma saúde de ferro e uma forma física porreira. A minha cointiuição é grande e pesada mas nunca fui uma gorda redonda.
      Estes casos são diferenrtes porque todos têm sitúrbios alimentares e qualquer disturbio pode levar à morte.

      Eliminar
  2. Eu ainda só vi dois episódios deste. É raro conseguir apanhá-lo e a Zon não me deixa gravar os programas do TLC, sabe-se lá porquê. O que vi era com uma mulher que nem da cama conseguia sair, tinha um filha de 15/16 anos que lhe fazia tudo: cozinhava, limpava, dava-lhe banho. Fez-me impressão como alguém se deixa chegar a este ponto, especialmente quando tem um filho que supostamente deveria depender dela. Estes são casos extremos mas a realidade é que a obesidade está cada vez mais presente... cada vez se vê mais miuditas de 10 anos já gordinhas e os pais sem fazer nada para lhes melhorar a alimentação e incutir a prática de desporto.

    ResponderEliminar
  3. a América a produzir estas pérolas é o máximo. qualquer dia é a Etiópia ou o Ruanda a produzir "Walking dead alive".
    infelizmente cá por terras lusas ao abandonarmos a dieta mediterrânea também nos estamos a tornar obesos, mas acho que é a ordem natural das coisas temos que servir de exemplos uns para os outros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salsa: Excelente ideia e humor! Ahahahaha!

      Eliminar
  4. Este programa faz-me uma impressão tremenda e eu sou daquelas que desde pequena vê tudo o que são cirurgias e filmes de faca e alguidar. Acho de um total desrespeito pelo corpo e pela fome alheia e não entendo como quem está à volta não é capaz de fazer nada. Revolta-me mesmo....God Save America

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ellie fant: O que me faz impressão é eles brincarem com a saúde. A maneira leviana que fazem as coisas...

      Eliminar
  5. Curiosamente, num dos meus (poucos e rápidos) zappings por esse canal, estava a dar esse programa, e deixei ficar um bocado. Era uma mulher que tinha casado com um desses anormais que tem fetiche por gajas gordas... Acontece que ela ficou monstruosa (tipo essa da foto), e quase nem conseguia andar. A pobre pediu ajuda e foi operada, mas guess what? Com o filho de trinta mil grandes put@s do marido contra ela!!! Queria que a mulher comesse até explodir, o cabrão nem foi com ela à cirurgia nem nada. E ela chorava e só tinha uma amiga (e a filha pequena) a ajudá-la, contra tudo e todos. Achei horrível e fiquei revoltado, se pudesse encontrar-me com aquele homem acho que ele não ficaria em bom estado, que existam pessoas dementes ok, mas aquilo é demais. (E depois uma mulher em farrapos a todos os níveis não consegue livrar-se de um bicho assim, claro, oxalá ela tenha conseguido recuperar e dado um chuto no cu do otário, mas duvido muito). Enfim, acho indecente o aproveitamento comercial que fazem da desgraça alheia, ainda por cima nem sequer serve para ajudar as pessoas, como noutros programas do género, onde ao menos pagam cirurgias, e tal...
    Só vi esse. Depois noutra vez que passei por lá estava a dar uma loira idiota qualquer que diz que fala com os mortos, muito naturalmente como se fosse uma profissão como outra qualquer... Ri-me durante 10 segundos e nunca mais sintonizei o tlc. :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Demian: Também vi esse. O marido dela boicotava as coisas. O TLC não é para todos. lol

      Eliminar
  6. Não vejo o programa mas já vi a apresentação. Eu também partilho do teu gosto, pois tudo o que tenha a ver o comportamento humano me fascina e quanto mais "estranho" é o comportamento mais interessado eu fico lol.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oceano: Já viste o "My Scret Obsession"? Eheheheh, adoro! Mas já são muito repetidos.

      Eliminar
  7. Esse programa parece-me um medo Dora...

    ResponderEliminar
  8. Adoro o TLC e vejo quase todos os programas que dão. Deste também já vi alguns episódios e realmente é impressionante... o estado a que algumas pessoas chegam, como lá chegam, ... enfim. O que mais me revoltou num dos que vi foi a forma como o marido tratava a mulher... para além de não a ajudar em nada, não dar o minímo de apoio, não fazer nada em casa, tratava-a mal mal mal. A sério, como é que a senhora suportava aquilo? Achei impressionante ela ter arranjado força para não desistir, mesmo assim... sozinha... Só tive pena que não tivesse mandado o senhor à vida dele, mas enfim, não se pode pedir tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jo: Esse foi dos piores. Até a mim já me estava a dar raiva. O gajo era asqueroso.

      Eliminar