terça-feira, junho 03, 2014

RIR 2014

tumblr_mlm8co1UqN1soozono1_250

Sempre disse mal de festivais e me recusei a ir. Perdi a Amy Winehouse e o John Mayer pela minha teimosia. Achava que aquilo era uma confusão, que se tinha má visibilidade nos concertos e que ia detestar.

Foi bom ter-me enganado: gostei muito. Apesar de estarem 80 mil pessoas e de ser muito difícil ver ou participar em muita coisa, achei o “Rock in Rio” super organizado: as filas para as WC fluiram e não estava imundas como eu estava à espera, estavam senhoras sempre a limpar na área do “pic nick”, vi os concertos de dois sítios muito bons.

Em relação ao JT…sou fan há muitos anos, desde o primeiro álbum a solo. Não sou uma pita com o pito aos saltos por um rapaz giro. Considero-o dos artistas mais completos da actualidade. Não o teria ido ver se assim não fosse. Sempre que vou a concertos é porque gosto mesmo de quem vou ver.

Fiquei fan e conto voltar agora todos os anos.

17 comentários:

  1. Este ano fui pela primeira vez ao RiR e apesar de gostar do formato dos festivais de verão, este não me convenceu.. não sei se é porque mete demasiada gente, se é porque o terreno do recinto é muito acidentado e às tantas torna-se cansativo andar de um lado pro outro. Sair de lá e regressar a casa também não foi pacifico.. só volto se alguma banda me "obrigar" :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isa: Eu como não tenho espirito de festivais, gostei. Se calhar gostas mais de coisas no campo, não?
      Sair do recinto foi rápido e pacífico. Autocarro até Cabo Ruivo e carro até Santarém.

      Eliminar
    2. Já fui a festivais tanto no campo como na cidade, desde que o cartaz seja do meu agrado, estou lá.. agora o recinto estar localizado numa zona plana é de facto, um dos aspectos determinantes para gostar da experiência :)

      Eliminar
  2. Eu adoro festivais, todo o ambiente. E acho que têm vindo a melhorar de ano para ano... a única vez que fiquei a acampar achei terrivel, foi no SBSR no Meco, no primeiro ano em que foi lá... Disseram-me que agora está melhor.
    Gosto muito do Alive e nos últimos 3 anos notei melhorias ao nível das casas de banho, o que é ótimo para mim, cliente assídua das mesmas.
    Nunca tinha iso ao RIR e foi este ano. Digo, sem dúvida, que é o festival mais bem organizado de todos. Diria até que nem é um festival... é um evento de música. Não vi o Justin, gostava, mas vi os Linkin Park que me fizeram lembrar a dolescência... e o concerto foi muito bom!
    A cavalo dado... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. L das horas: Acampar é que não. Nem em parques de campismo, quanto mais em festivais.

      Eliminar
  3. Eu nunca fui ao RIR, estive uma vez para ir na edição dos Red Hot Chilli Peppers mas acabei por não ir porque a minha irmã na paragem do expresso vomitou e sem bilhetes achamos melhor não irmos pois ela não estava muito bem. Não vi muito do Justin Timberlake, pessoalmente não achei muita piada aos 2 últimos álbuns mas é sem dúvida um artista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oceano: Eu acho os albuns dele muito coerentes, por acaso. Tudo na mesma linha.

      Eliminar
  4. Só fui uma vez ao Rock in Rio - aqui há uns anos! - e não desgostei. Não é o terreno mais fácil do mundo e não consegui ver metade do que queria, mas ainda assim gostei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jo: Não sei se fizeram algumas mudanças mas agora vê-se muito bem.

      Eliminar
  5. Eu já fui ao RIR e não gostei nada. Montes de povo, ambiente muito comercial e não consegui ver nada de jeito. Bem, tenho que admitir que é muito mais organizado e limpinho que outros mas festival que é festival é para andar de biquini e cheia de pó em cima. :) Também gosto muito de ver os concertos em primeira fila por isso o RIR não é mesmo para mim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carla: Eu estou habituada a ver concertos no 1º balcão mas neste vi mesmo muito bem. Fui para o meu spot, estendi um lenço grande e estive por ali sentada com os amigos.

      Eliminar
  6. A menina que não gostava de festivais :) Eu vi o Justino na televisão e gostei, agora imagino ao vivo, deve ter sido espetacular!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. maria umbelina: Deste festival, gostei. Coisas no campo, duvido :) Também ainda tenho de o ver na tv.

      Eliminar
  7. Eu também acabei por ir este ano. Ofereceram-me bilhetes para o dia 31 e dia 1 e fui só mesmo porque eram dados pois não sou fã de nenhum dos artistas que vi. Em relação à organização do festival tenho de concordar contigo, o RIR é dos mais organizados que temos.

    Agora quanto ao Justin por favor não me batas mas não gostei do concerto. Também não sou fã e talvez isso tenha influência, só conheço aqueles singles mais ouvidos e nunca foi artista que segui com grande atenção. Mas ia com expectativa e acabei por me desiludir: achei que foi um concerto muito bom a nível de espectáculo, sem dúvida ele é um bom entertainer mas no que toca a vocais....quando as vozes de apoio se ouvem mais (e melhor) que o cantor principal é caminho andado para não gostar do concerto. Pode parecer parvo mas dou muito valor à actuação vocal. Para mim um bom concerto não é um espectáculo de dança com fogo de artificio e alguma cantoria pelo meio, é um concerto onde penso "uau, a voz ao vivo é ainda melhor que no álbum". E não senti isso com o JT.

    Já a Jessie J surpreendeu-me imenso. Aquela mulher tem um vozeirão enorme e mostrou-se bastante humilde na interacção com o público (e com os seguranças!). Acho que ela atingiu o que se pretende neste tipo de festivais: um bom espectáculo e um bom concerto. O Ed Sheeran foi outra boa surpresa. Não conhecia grande coisa dele mas revelou-se um excelente músico: completamente sozinho em palco fez o público ficar louco. Gostei bastante e era capaz de voltar a vê-lo.

    E para terminar, que o comentário já vai longo, a questão dos WC's! Bem, o RIR evoluiu imensoooo no que toca à higiene das casas-de-banho. Fui no primeiro ano do evento e fiquei traumatizada :P A fila era tão grande que devo ter esperado uns 45 minutos com a bexiga apertadinha.... quando finalmente entrei o cheiro era tão forte e havia tanta imundice que obriguei a pobre bexiga a apertar-se mais um bocadinho e só me aliviei quando cheguei a casa. Nunca mais vou esquecer este trauma! Ahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inês S: Que belo relato! Gosto! Ehehehe! Eu já conheci a Jessie e sabia do vozeirão, embora não seja fan das músicas dela. Eu acho que o JT cantou bem e por cima dos back vocals. Acho sim que podia ter comunicado mais com o público mas se calhar os concertos dele são mesmo assim...

      Eliminar
  8. Eu fui ver o Robbie e adorei. Estar lá ao vivo é outra emoção. Não tem nada a ver com estar a assistir em casa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Namorado: Continuo a gostar de concertos em sitios mais pequenos.

      Eliminar