sexta-feira, dezembro 04, 2015

A Rapariga do Comboio de Paula Hawkins

6AYGhkindE1lbm8AgzDpUzZqetCb6c74_UEAg0
Tenho fases em que leio desalmadamente e outras que, por falta de tempo, leio pouco, que é o caso dos dias de hoje, pois tenho vários livros novíssimos à minha espera…
Este foi lido em Junho e foi uma lufada de ar fresco, pois foi uma leitura diferente e até viciante. Não conseguia parar de lê-lo…
Por este livro estar no #1 de vendas do nosso país, há uns meses atrás, despertou-me a curiosidade. Ia um pouco a medo porque criei bastantes expectativas.
Não sendo uma obra de arte, é um livro muito interessante e viciante. Todas as personagens têm os seus demónios, demonstram os seus "podres" e foi isso que me cativou mais nesta história. É um thriller nada previsível e que se lê bastante bem. Recomendo!

Sinopse: Todos os dias, Rachel apanha o comboio...No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente. Até que um dia...Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada. Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna-se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afetando as vidas de todos os envolvidos.

Classificação: 4/5

12 comentários:

  1. Esperava mais, pode ser que o livro seja melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Limite do Oceano: Queias dizer, o filme... :)
      Sim, nós na altura falámos disso mas mesmo assim gostei.

      Eliminar
  2. Ando numa de vai não vai com esse livro, vou?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eolo: Depende do tipo de leitura que gostas. Não é uma obra de arte, é um livro que te prende pelo suspense e a descrição das personagens, principalmente a principal, que é/está uma caos...isso foi o que gostei mais.

      Eliminar
    2. Good enough for me, vou ouvir. Obrigado.

      Eliminar
    3. Eolo: Depois diz-me alguma coisa.

      Eliminar
  3. Já li tantas críticas positivas a esse livro, aqui pela blogosfera, que começo a ficar preocupado. Quando finalmente vejo/leio algo que é popular por estas bandas, costumo ficar sempre desiludido. Espero estar enganado com este!

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo Francisco: Lê o que escrevi ao Eolo. Não é aquele tipo de livro tão, tão bom que ninguém pode dizer mal. Mas é porreiro, lê-se muito bem e à medida que o lia, pensava que dava gostava de o ver num filme e agora vão fazê-lo.

      Eliminar
  4. Tenho curiosidade em ler este livro, mas sinceramente não estou à espera de que seja nada de outro mundo. Vou ver se o encontro pela biblioteca ou se alguma amiga que o tenha me empresta. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jo: Eu compro e troco muitos livros, gasto algum dinheiro, mas sim, se estás em dúvida, pede emprestado.

      Eliminar